Wordle: New York Times compra jogo que ficou popular no Twitter

Sem divulgar o preço exato da aquisição, o jornal estadunidense New York Times anuncia a compra do popular jogo Wordle para aumentar o número de assinantes

Murilo Tunholi
Por

A empresa dona do New York Times (NYT) anunciou, nesta segunda-feira (31), a compra do jogo Wordle. A partir de agora, o popular game de adivinhação de palavras que conquistou milhões de pessoas ao redor do mundo passa a ser de propriedade do jornal estadunidense. O valor exato da aquisição, porém, não foi informado pela companhia.

Wordle (Imagem: Divulgação/Wordle)
Wordle (Imagem: Divulgação/Wordle)

Segundo o NYT, a compra do Wordle faz parte dos planos da empresa de aumentar o número de assinantes digitais a partir de videogames de caçar e soletrar palavras, assim como Spelling Bee. A meta do New York Times é obter 10 milhões de assinaturas adicionais até 2025.

Ainda não sabemos quanto dinheiro o criador de Wordle, Josh Wardle, recebeu ao vender seu jogo. A única informação compartilhada pelo NYT é que a aquisição custou algo em torno dos “sete dígitos” — ou seja, entre US$ 1 milhão e US$ 9,9 milhões.

Por enquanto, o NYT pretende manter Wordle de graça para baixar tanto para jogadores novos quanto os mais antigos. Vale mencionar que outros games do jornal, como Spelling Bee, Letter Boxed, Tiles e Vertex, foram acessados mais de 500 milhões de vezes no ano passado. Inclusive, alguns desses títulos serviram como inspiração para a criação de Wordle, segundo Wardle.

Wordle ficou famoso devido às redes sociais

Wordle estreou em outubro como um simples jogo grátis de quebra-cabeça para navegadores web. No dia 1º de novembro, o game tinha somente 90 usuários. Esse número, porém, cresceu para 300 mil no meio do mês. Agora, milhões de pessoas ao redor do mundo acessam o aplicativo diariamente, segundo o NYT.

Em Wordle, os jogadores devem acertar a palavra secreta de cada dia, chutando letras ao longo da grade disponível para digitação. O game diz quais são as letras corretas do termo e mostra se elas estão ou não na posição correta, de acordo com a cor — amarelo (posição errada) ou verde (posição certa).

Seu diferencial é a possibilidade de compartilhar os resultados de cada partida nas redes sociais. Devido a essa função, o jogo ficou muito popular no Twitter. Os brasileiros gostaram tanto do game que até criaram uma versão em português, o Termooo.

Com informações: New York Times.

Relacionados

Relacionados