Starlink Premium promete internet de 500 Mb/s com nova antena, mas sai caro

Starlink Premium é um novo plano da internet via satélite da SpaceX para quem busca mais velocidade de download e de upload

Bruno Gall De Blasi
Por

Starlink revelou um novo plano para quem precisa de conexões mais rápidas. Anunciado nesta quarta-feira (2), o Starlink Premium oferece velocidades de até 500 Mb/s com o auxílio de uma nova antena. A internet via satélite da SpaceX, porém, não é nada barata: vai custar US$ 500 ao mês, cinco vezes o valor do plano convencional.

Starlink Premium promete conexão com até 500 Mb/s de velocidade de download e usa antena nova (Imagem: Divulgação/SpaceX)
Starlink Premium promete conexão com até 500 Mb/s de velocidade de download e usa antena nova (Imagem: Divulgação/SpaceX)

A novidade é voltada para “pequenos escritórios, lojas e super usuários em todo o mundo”, segundo a operadora. O Premium promete velocidades entre 150 Mb/s e 500 Mb/s, marcas superiores ao plano convencional (entre 50 Mb/s e 250 Mb/s). A latência, por outro lado, é a mesma nas duas modalidades: entre 20 ms e 40 ms.

O cliente também ganha uma faixa de upload maior caso pague cinco vezes mais por mês. No Premium, as velocidades variam entre 20 Mb/s e 40 Mb/s. Já na modalidade convencional, os consumidores alcançam marcas de 10 Mb/s até 20 Mb/s. Ainda assim, há mais uma semelhança entre os dois planos: ambos não têm limite de dados.

O alcance dessas velocidades e latência dependem das condições meteorológicas – afinal, é uma internet via satélite. Mas a Starlink preparou uma nova “antena maior” que oferece “mais rendimento”. De acordo com o site da operadora, o Starlink Premium foi “projetado especificamente para usuários de alta demanda” e “ajuda a garantir largura de banda para operações críticas, mesmo durante períodos de pico de uso da rede”. 

Toda essa melhoria tem um preço. Além da mensalidade de US$ 500 (cerca de R$ 2.630 em conversão direta), os clientes Premium terão de pagar US$ 2,5 mil (R$ 13.180) pela antena. O valor é cinco vezes maior que os US$ 99 (R$ 520) pelo plano e os US$ 499 (R$ R$ 2.630) pelos equipamentos cobrados no plano convencional. 

“Encomende agora para reservar, as entregas começam no segundo trimestre de 2022”, diz o site da companhia. Os interessados também devem depositar US$ 500 (R$ 2.630) para reservar o equipamento da internet via satélite da SpaceX. Mas, até o momento, não há previsão de lançamento do serviço no Brasil.

Com informações: Engadget e The Verge

Relacionados

Relacionados