Google Workspace ganha plano grátis sem Gmail para melhorar colaboração

Google Workspace Essentials Starter oferece 15 GB de armazenamento e acesso às ferramentas de produtividade do Google

Bruno Gall De Blasi
Por

Google anunciou o Google Workspace Essentials Starter para melhorar a colaboração em empresas. O novo plano permite que os usuários utilizem a suíte de produtividade com o Google Meet, Docs, entre outras ferramentas, sem precisar trocar o seu serviço de e-mail pelo Gmail. A modalidade é gratuita, mas tem limitações.

Google Workspace lança plano gratuito sem Gmail (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Google Workspace lança plano gratuito sem Gmail (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

A novidade revelada nesta quinta-feira (3) expande o catálogo do Workspace. Além dos planos pagos, os usuários podem recorrer às ferramentas da suíte sem acarretar custos adicionais à operação. “Com o Essentials Starter, facilitamos aos funcionários a escolha de suas próprias ferramentas de produtividade e a colaboração moderna para o trabalho”, anunciaram.

A opção não é em vão. Afinal, antes do novo plano, as empresas precisavam levar o seu domínio ao Google Workspace para usar o Google Chat, Google Meet, Google Drive, entre outros, sem depender das contas pessoais. Ou seja, não era possível manter o e-mail da companhia em outras plataformas, como o Outlook e outras soluções. Era imperativo que houvesse a migração para usar a suíte corporativa.

Além disso, não há muita simplicidade nessa transição. Isto porque o processo de migração de serviços de e-mail também envolve a configuração de domínios, atividade que requer conhecimentos técnicos. Por fim, há a questão dos custos, pois, até então, todos os planos do Workspace comercialmente disponíveis eram pagos, com exceção do recém-finado G Suite gratuito.

E é aí que entra o Essentials Starter.

Novo plano gratuito do Google Workspace visa auxiliar na colaboração em escritórios (Imagem: Cottonbro/Pexels)
Novo plano gratuito do Google Workspace visa auxiliar na colaboração em escritórios (Imagem: Cottonbro/Pexels)

Novo plano do Google Workspace tem 15 GB na nuvem

O Essentials Starter é uma alternativa gratuita, além de mais simples de ser contratada e utilizada. O Google informa que o acesso acontece em três momentos: primeiro, é só se cadastrar com seu e-mail de trabalho. Depois, basta convidar os seus colegas de equipe. E chegamos ao terceiro passo: usar as ferramentas da suíte.

A plataforma, porém, tem algumas restrições. Primeiro, o armazenamento é de 15 GB, similar às contas pessoais do Gmail. Além disso, o Google Meet até permite chamadas com até 100 pessoas. Mas as ligações duram até 60 minutos. Fora isso, os usuários têm acesso ao Apresentações, Chat, Documentos, Drive e Planilhas.

“Crie uma conta do Google Workspace com seu endereço de e-mail de trabalho atual e comece a usar as ferramentas que você conhece e adora hoje”, diz a descrição do produto. “Fique conectado com videochamadas e bate-papos seguros e colabore no Documentos, Planilhas e Apresentações usando 15 GB de armazenamento no Drive para centenas de formatos de arquivo, incluindo arquivos do Microsoft Office.”

Outra restrição fica pelo número de pessoas: cada conta tem o limite de 25 usuários. Ainda assim, segundo o TechCrunch, o Google permite que mais de um cadastro seja feito por empresa. Ou seja, a solução pode ajudar justamente um time específico que precise de ferramentas mais apuradas para trabalhar em equipe, por exemplo.

O site também questionou em relação à segurança e ao controle de informações. O Google afirmou que o plano inclui alguns “controle administrativos leves” pois foi feito para que “comecem a usar facilmente” o Workspace “sozinhas ou com a equipe”. Mas funções de segurança mais avançadas estão limitadas aos planos pagos.

Iniciando o aplicativo Gmail
Gmail está disponível apenas nos planos pagos do Google Workspace (Imagem: Solen Feyissa/Unsplash)

Alternativas com Gmail custam a partir de R$ 24,30

O outro porém fica pelo Gmail, pois o Workspace Essentials Starter não oferece serviço de e-mail, como já foi dito. Ou seja: contratá-lo não vai permitir que você use o seu domínio próprio dessa forma. Para isso, você precisará recorrer a outro serviço ou optar por um plano pago do Workspace, cujos preços começam em R$ 24,30 ao mês.

As modalidades pagas também oferecem outros destaques. No caso do Business Starter, os assinantes ganham 30 GB de armazenamento por conta e chamadas com duração de até 24 horas no Google Meet. Já o Business Standard aumenta o espaço para 2 TB e possui grava as ligações. Ainda há os planos Business Plus e Enterprise.

“O Google Workspace Essentials Starter estará disponível globalmente nas próximas semanas”, afirmaram. Os interessados também poderão se inscrever para serem notificados quando a novidade estiver disponível a todos: (workspace.google.com).

Com informações: Google (Blog) e TechCrunch

Relacionados

Relacionados