FIFA 22 remove Marc Overmars após casos de assédio sexual

Ídolo holandês e ex-diretor técnico do Ajax teve carta de ícone removida do jogo após denúncias de funcionários do clube onde trabalhava

Victor Toledo
Por

O ex-jogador holandês Marc Overmars foi removido do FIFA 22 nesta quarta-feira (9) após denúncias de assédio sexual envolvendo o ex-atleta no clube no qual trabalhava. A decisão da EA Sports afeta os pacotes de Ultimate Team e Ultimate Draft, já que a carta de Ídolo de Overmars não será mais disponibilizada no jogo.

Carta de Ídolo de Marc Overmars (Imagem: Divulgação/EA Sports)

A carta do ex-atacante fazia parte do grupo de Ícones do FIFA 22. Esse grupo inclui atletas que fizeram história no futebol mundial e conta também com brasileiros como Pelé, Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho, entre outros.

A remoção do ex-jogador foi anunciada pela EA Sports no próprio FIFA 22, acrescentando também que as faixas de preço da carta serão fixadas no mercado do jogo até segunda ordem.

O escândalo envolvendo o ex-jogador holandês teve início após colegas de trabalho do Ajax — clube onde trabalhou por mais de 10 anos — denunciarem Overmars por enviar mensagens impróprias de cunho sexual ao longo de todo esse tempo trabalhando no clube.

Comunicado de remoção do jogador no FIFA 22 (Imagem: Álvaro Teixeira/Tecnoblog)

Por conta das denúncias, o ex-atleta também se afastou do cargo de diretor técnico e declarou “estar envergonhado” pelas atitudes.

Remoção de cartas já ocorreu outras vezes

Essa não é a primeira vez que a EA remove um jogador do FIFA. Mais recentemente, os atletas Mason Greenwood e Benjamin Mendy, do Manchester United e Manchester City, respectivamente, também foram removidos após acusações de estupro e suspeitas de agressão.

No caso de Mendy, a acusação partiu de três mulheres por atos cometidos em sua própria casa entre outubro de 2020 e agosto de 2021. O jogador foi suspenso das atividades do clube onde atuava e também não está mais disponível em pacotes do Ultimate Team.

Já a remoção de Greenwood foi mais recente. O Atacante foi detido pela polícia de Manchester após sua namorada denunciar, pelos stories do Instagram, agressões e até tentativas de estupro. O jogador de 20 anos foi removido dos modos offline do FIFA 22 e dos pacotes do modo online, mas segue disponível no mercado do jogo.

Com informações: Fifa Ultimate Team UK

Relacionados

Relacionados