Início / Notícias / Celular /

Xiaomi Black Shark 5 e 5 Pro são homologados com até 16 GB de RAM

Futuro celular gamer da Xiaomi, Black Shark 5 Pro pode chegar às lojas com processador Snapdragon 8 Gen 1 na ficha técnica avançada

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Xiaomi está prestes a lançar novos celulares para o público gamer. Nesta semana, o Black Shark 5 e o Black Shark 5 Pro receberam o sinal verde do TENAA, agência equivalente à Anatel na China, com memória RAM de até 16 GB. A edição mais encorpada ainda deve chegar às lojas com o chip Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1.

Black Shark 4S e Shark 4S Pro (Imagem: Reprodução/Gizmochina)
Black Shark 4S e Shark 4S Pro (Imagem: Reprodução/Gizmochina)

A homologação joga uma luz sobre as possíveis especificações da dupla. A começar pela variante Pro (modelo KTUS-A0), espera-se que o smartphone embale o Snapdragon 8 Gen 1 em seu interior, o mesmo do Galaxy S22 brasileiro. Além disso, o telefone pode ter opções com memória RAM de 8 GB, 12 GB e 16 GB. O armazenamento seria de 256 GB ou 512 GB.

A bateria teria capacidade nominal de 4.650 mAh. Mas o destaque tende a ficar para a potência da recarga, cotada a 120 watts. Além disso, o telefone pode trazer uma tela AMOLED de 6,67 polegadas com resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels), câmera frontal de 13 megapixels e câmera tripla de 108 megapixels

O lançamento pode chegar em quatro opções de cores: branco, Meteorite Black (preto), Moon Rock Gray (cinza) e Tiangong White (branco). A certificação ainda aponta para as seguintes medidas: 163,86 mm de altura, 76,53 mm de largura e 9,8 mm de espessura. O Black Shark 5 Pro pode pesar 226 gramas.

Nova geração deve repetir recarga de 120 watts do Xiaomi Black Shark 4 (foto) (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Nova geração deve repetir recarga de 120 watts do Xiaomi Black Shark 4 (foto) (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Black Shark 5 deve ter câmera tripla de 64 MP

A edição convencional (modelo PAR-A0) da nova geração também passou pelo crivo da agência chinesa. Apesar de ser um pouco mais simples, o celular carrega especificações avançadas, como a memória RAM de 8 GB ou 12 GB e o espaço de 128 GB ou 256 GB. A câmera tripla seria liderada por um sensor de 64 megapixels.

A ficha técnica também seria liderada por um processador com oito núcleos de até 3,2 GHz. A aposta, com base em um rumor levantado em janeiro, é que a Xiaomi opte pelo Snapdragon 888 Plus. A certificação ainda cita uma bateria com capacidade típica de 4.650 mAh e a tela AMOLED de 6,67 polegadas com resolução Full HD+.

Em cores, a homologação menciona branco, Dawn White (branco), Dark Universe Black (preto) e Exploration Gray (cinza). O celular também teria 163,83 mm de altura, 76,25 mm de largura e 10,37 mm de espessura. O peso seria de 223 gramas.

Não há previsão de lançamento da linha Xiaomi Black Shark 5.

Com informações: Gizmochina