Início / Notícias / Gadgets /

Sony LinkBuds são fones com design curioso pensados para Android e Windows

Novos fones de ouvido Bluetooth da Sony, LinkBuds contam com formato aberto e recurso para facilitar o pareamento Bluetooth

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Sony revelou, nesta terça-feira (15), um novo fone de ouvido Bluetooth para lá de curioso. O Sony LinkBuds chama a atenção pelo design com formato aberto e alto-falantes posicionados em um pequeno disco. O lançamento ainda oferece suporte ao Fast Pair e ao Swift Pair para agilizar o pareamento no Android e no Windows.

Sony LinkBuds (Imagem: Divulgação/Sony)
Sony LinkBuds (Imagem: Divulgação/Sony)

Sem dúvidas, esse é o fone mais diferente que já vi – e olha que a Samsung lançou um wearable que parece um feijão. Em vez de ter as pontas tradicionais dos modelos intra-auriculares que impedem a passagem de som externo, o lançamento tem um design aberto e traz um disco com um furo no meio. Os drivers de 12 mm, por sua vez, estão posicionados nas extremidades desse círculo.

É exatamente este anel que é levado para dentro dos ouvidos. Durante os testes do The Verge, o jornalista Chris Welch observou que o visual para lá de curioso não afeta o conforto. Pelo contrário: com o auxílio de uma pequena barbatana, os fones ficaram bem presos na orelha até mesmo durante uma ativididade física e não se tornaram incômodos.

Sony LinkBuds (esquerda) e Galaxy Buds+ (direita) (Imagem: Divulgação)
Sony LinkBuds (esquerda) e Galaxy Buds+ (direita) (Imagem: Divulgação)

O som, porém, pode não agradar a todos. Isto porque o fone tem um formato aberto e não oferece um isolamento de ruído como outros modelos intra-auriculares. Pego o meu Galaxy Buds+ para fazer contraponto: quando coloco-o no ouvido e saio de casa, preciso ativar o modo ambiente. Caso contrário, mesmo sem ter cancelamento de ruído ativo (ANC), não consigo escutar direito o que acontece na rua.

O Sony LinkBuds tem uma proposta um pouco diferente. O site relata que, em alguns ambientes, o som externo pode sobrepôr as músicas que estão tocando no seu ouvido. Em outras palavras, o dispositivo tende a ser mais agradável para fazer exercícios ao ar livre, andar pela cidade e fazer outros tipos de atividades similares para não se preocupar com os arredores enquanto escuta alguma música, por exemplo. 

Além disso, em sua análise, o jornalista aponta que o wearable oferece um som equilibrado, mas com graves mais contidos devido ao formato aberto.

Sony LinkBuds (Imagem: Divulgação)
Sony LinkBuds (Imagem: Divulgação)

Sony LinkBuds possui Fast Pair para Android

O novo fone de ouvido sem fio da Sony traz outros destaques. É o caso do Fast Pair, uma tecnologia introduzida em 2017 que agiliza e simplifica o pareamento de acessórios Bluetooth com celulares Android. Vale lembrar que o Google também está levando a solução para computadores com Windows.

O dispositivo ainda traz o processador integrado V1. Com o auxílio do chip, o wearable oferece recursos inteligentes para otimizar o áudio para que as músicas sejam reproduzidas com mais clareza apesar do som ambiente. Além disso, o volume dos alto-falantes são ajustados dinamicamente de acordo com o ambiente.

Sony LinkBuds (Imagem: Divulgação/Sony)
Sony LinkBuds (Imagem: Divulgação/Sony)

O Sony LinkBuds ainda pausa as músicas automaticamente ao detectar uma conversa. As chamadas também contam com cancelamento de ruído para melhorar a clareza das ligações e reduzir as distrações. A lista de recursos fica completa com os gestos para controlar a reprodução de músicas quando o usuário toca na própria pele e a certificação IPX4.

O wearable é recarregado por um estojo, assim como o Galaxy Buds 2 e o Apple AirPods Pro. Segundo a Sony, a bateria pode durar cerca de cinco horas e meia com uma única carga ou até dezessete horas e meia ao levar a case em consideração. O lançamento está à venda nos Estados Unidos por US$ 179,99 (cerca de R$ 930 em conversão direta).

Com informações: 9to5Google e GSMArena