Início / Notícias / Telecomunicações /

Rede neutra da Oi Fibra já consegue levar internet a 15 milhões de casas

V.tal, companhia de rede neutra que surgiu a partir da Oi, quer chegar a 32 milhões de casas até 2025; empresa também atende Vero, Datora e outros provedores

Lucas Braga

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Oi tem investido pesado em fibra óptica, mas esses esforços foram derivados para uma empresa separada, a V.tal. A rede tem sido expandida a passos largos ao longo dos últimos anos, e a companhia comemora a marca de 15 milhões de casas aptas a contratar internet de alta velocidade (home passed). A previsão é chegar a 32 milhões de domicílios até 2025.

Técnicos da Oi expandindo rede de fibra óptica em Belo Horizonte/MG
Técnicos da Oi expandindo rede de fibra óptica (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

Apesar de ter a Oi como cliente principal, a V.tal afirma possuir mais de 400 contratos de atacado entre operadoras e provedores de internet. A lista inclui nomes como a Vero, que foi a primeira cliente, além de Datora, Master, SoftX, Voa e EasyTV.

Por ser uma rede neutra, provedores e operadoras podem alugar a infraestrutura da V.tal e assim oferecer serviços aos clientes sem a necessidade de construir cabeamento do zero. A companhia aguarda o aval da Anatel para a transferência do controle para o BTG Pactual, que comprou 58% da empresa por R$ 12,9 bilhões.

Rede da V.tal chega a 214 cidades do Brasil

A V.tal detalhou como estão distribuídos os 15 milhões de domicílios com cobertura de internet por fibra óptica:

  • Região Centro-Oeste: 2,3 milhões de casas em 26 municípios;
  • Região Norte: 1,5 milhão de casas em 17 municípios;
  • Região Nordeste: 3 milhões de casas em 41 municípios;
  • Região Sudeste: 4,6 milhões de casas em 63 municípios;
  • Região Sul: 3,7 milhões de casas em 67 municípios.

É importante destacar que o número corresponde aos domicílios aptos a contratar serviços de fibra óptica, e não o número de clientes ou casas conectadas. Segundo os dados mais recentes da Anatel, a Oi tem cerca de 3,69 milhões de acessos com tecnologia FTTH.

A tendência é que o número de domicílios cobertos da V.tal se expanda ao longo dos próximos meses e anos. A companhia revelou manter um ritmo de cobrir 460 mil novas casas passadas por mês, o que deve ser suficiente para cumprir a meta do plano estratégico de alcançar, que prevê rede para 32 milhões de domicílios até 2025.

Com investimentos estimados em R$ 30 bilhões até 2025, a expansão da rede neutra da V.tal aproveita a antiga rede de transporte (backhaul) da Oi, que está presente em mais de 2.300 municípios. No entanto, é necessário construir toda uma nova infraestrutura para atender clientes finais.

As redes de fibra da Claro, TIM e Vivo

Atualmente, a rede da V.tal é a segunda maior em fibra óptica no Brasil. O primeiro lugar é ocupado pela Vivo, que reportou disponibilidade da banda larga Vivo Fibra para 18,3 milhões de domicílios no terceiro trimestre de 2021.

A líder no mercado de banda larga, Claro, tem disponibilidade da tecnologia FTTH para 3,2 milhões de casas. A maior parte dos acessos da tele são feitos pela rede de cabos coaxiais, que alcança 32,5 milhões de endereços.

A TIM também atua com banda larga fixa, mas sua presença de mercado é bem tímida em comparação com as demais. A operadora italiana reportou disponibilidade de fibra óptica para 4 milhões de lares no terceiro trimestre de 2021, mas aposta na expansão da cobertura através de uma nova rede aberta criada em parceria com o grupo IHS Brasil.