Início / Notícias / Celular /

Realme 9i, rival do Redmi Note 11 com RAM virtual, é lançado no Brasil

Além de lançar o Realme 9i, rival direto do Redmi Note 11, Realme anunciou para o Brasil a smartband Band 2 e o fone TWS Buds Q2

Darlan Helder

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Realme acaba de anunciar o seu primeiro lançamento de 2022 para o Brasil. O Realme 9i é um smartphone intermediário que rivaliza diretamente com o Redmi Note 11. Ambos trazem tela com taxa de 90 Hz, processador Snapdragon 680 e um conjunto fotográfico com câmera principal de 50 megapixels. Além desse lançamento, a fabricante chinesa anunciou outros gadgets para o mercado nacional.  

Realme 9i (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Realme 9i (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O Realme 9i foi lançado no mercado indiano no início deste ano. O novo aparelho chama a atenção por trazer, como grande diferencial, a RAM virtual (ou dinâmica, como é chamada pela empresa), que, através da tecnologia Dynamic RAM Expansion (DRE), expande a memória RAM de 6 para até 11 GB, aprimorando a multitarefa e o desempenho para o usuário.  

O celular vem equipado com uma tela do tipo IPS LCD de 6,6 polegadas com resolução Full HD+ (2412 x 1080 pixels). Ela tem taxa de atualização de 90 Hz, para uma maior fluidez durante jogos e navegações em geral. O sistema sonoro também deve agradar aqueles usuários mais exigentes, isso porque os alto-falantes são estéreos.  

Realme 9i (Imagem: Divulgação)
Realme 9i (Imagem: Divulgação)

O conjunto de câmeras é formado por uma lente principal de 50 megapixels, uma macro (batizada de ultra macro) de míseros 2 MP de resolução e, por fim, há um sensor para fazer o famoso modo retrato. Na frente, a câmera dedicada para selfies pode produzir registros de 16 MP.  

A bateria dele é de 5.000 mAh e um carregador rápido de 33 watts acompanha o produto. O processador que equipa o Realme 9i é o mesmo do Redmi Note 11, ou seja, o Snapdragon 680, produzido pela Qualcomm, e sem suporte à rede 5G

Realme 9i (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Realme 9i (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Custando R$ 2.299, o Realme 9i desembarca no país em uma versão (6 GB de RAM + 128 GB de espaço interno). O aparelho sai de fábrica rodando o Android 11 junto da interface Realme UI 2.0. O Tecnoblog questionou a empresa sobre as futuras atualizações e fomos informados que o modelo vai receber as novas versões de Android, mas não há data para isso acontecer.  

Smartband Realme Band 2 e fone Buds Q2 chegam ao Brasil  

A empresa aproveitou a ocasião para anunciar dois devices que estão chegando ao Brasil. A Band 2 é uma smartband para concorrer com as populares pulseiras da Xiaomi e da Huawei. O vestível tem tela colorida de 1,4 polegada, 50 temas para customização, traz sensor de batimentos cardíacos, de oxigenação do sangue (SpO2) e, assim como os rivais, ele faz a análise do sono.  

Realme Band 2 (Imagem: Reprodução/Realme)
Realme Band 2 (Imagem: Reprodução/Realme)

Ao todo, eles prometem entregar 90 modos de treino e, para atividades aquáticas, o gadget oferece resistência à água em até 50 metros de profundidade. Com relação à autonomia de bateria, a chinesa diz que a Realme Band 2 pode ficar ligada por até 12 dias após uma carga completa. O aparelho já está disponível no Brasil por R$ 449.  

Por fim, o Realme Buds Q2 é um fone totalmente sem fio com design inspirado no do Buds Air 2 Neo. Ele é uma atualização do Buds Q e, por ser um TWS de entrada, custando R$ 299, a tecnologia de cancelamento ativo de ruído ficou de fora.  

Realme Buds Q2 (Imagem: Reprodução/Realme)
Realme Buds Q2 (Imagem: Reprodução/Realme)

A bateria fornece 20 horas de reprodução com o case ou 5 horas com os fones. O TWS ainda tem como destaque a certificação IPX4, que garante proteção contra água, mas não à poeira.