Início / Notícias / Celular /

Nokia C21, C21 Plus e C2 prometem durabilidade e bateria de longa duração

Nokia C21, C21 Plus e C2 2ª edição são aparelhos populares com design robusto, e prometem bateria de longa duração

Darlan Helder

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A HMD Global está empenhada em trabalhar com smartphones de entrada. Neste domingo (27), a empresa revelou ao mercado três aparelhos: Nokia C21, C21 Plus e C2 de segunda geração. Todos eles contam com uma ficha técnica simples, mas prometem bateria de longa duração e design resistente. 

Nokia C21, C21 Plus e C2 prometem durabilidade e bateria de longa duração (Imagem: Divulgação/HMD Global)
Nokia C21, C21 Plus e C2 prometem durabilidade e bateria de longa duração (Imagem: Divulgação/HMD Global)

Em coletiva com a imprensa, a HMD Global não apresentou celulares topos de linha nem tablets, pois o foco era outro. Eles comemoraram os resultados positivos da sua linha baixo custo. “Os três aparelhos anunciados são uma resposta ao sucesso dos produtos Nokia no mercado de celulares de entrada: de 2020 a 2021, nós tivemos um crescimento de 41% na receita de smartphones”, diz a companhia.  

Nokia C21 e C21 Plus são oficializados 

Nokia C21 (Imagem: Divulgação/HMD Global)
Nokia C21 (Imagem: Divulgação/HMD Global)

O primeiro dispositivo apresentado foi o Nokia C21, modelo com tela de 6,5 polegadas, bateria de 3.000 mAh e câmera única (na traseira) de 8 megapixels de resolução; a frontal tem 5 MP. O C21 é um aparelho para tarefas básicas, isso porque o seu processador é o SC9863A, da Unisoc.  

O hardware ainda é formado por versões de 2 GB de RAM + 32 GB de espaço interno, ou 3 GB de RAM e 32 GB de espaço. Ele não vem com Android 12 e sim 11, o que é estranho, já que a Nokia é conhecida por se preocupar com o sistema operacional de seus produtos. 

Nokia C21 Plus (Imagem: Divulgação/HMD Global)
Nokia C21 Plus (Imagem: Divulgação/HMD Global)

Avançando, eis o C21 Plus, que entrega especificações melhores em relação ao C21 normal. Além do visual mais “moderno”, com proteção leve contra água e à poeira (certificação IP52), ele vem equipado com tela de 6,5 polegadas com resolução HD+, bateria de 4.000 mAh, e duas câmeras, sendo uma principal de 13 megapixels acompanhada de um sensor de profundidade de 2 MP; a frontal tem 5 MP.  

O Plus vem rodando o Android 11 Go Edition e a única informação sobre updates compartilhada pela empresa é que ele tem dois anos de atualizações de segurança garantidas. No hardware, o dispositivo compartilha o processador do irmão, o octa-core SC9863A, e chega em versões de 2 de RAM + 32 GB de espaço, 3/32 GB ou 4/64 GB.  

Nokia C2 2ª edição tem tela menor e 1 GB de RAM 

Nokia C2 segunda edição (Imagem: Divulgação/HMD Global)
Nokia C2 segunda edição (Imagem: Divulgação/HMD Global)

Por fim, temos o Nokia C2 de segunda geração, um smartphone com tela menor de 5,7 polegadas com resolução FWVGA (!). Assim como o C2, ele tem apenas uma câmera traseira de 5 megapixels de resolução e a frontal tem 2 MP.  

O processador, por sua vez, é um quad-core da MediaTek, cujo modelo não foi revelado. Completam as especificações 1 GB de RAM com 32 GB de espaço ou 2 de RAM e 32 GB de armazenamento. A bateria de 2.400 mAh não é capaz de fazer os olhos dos usuários brilharem, mas considerando que ele tem especificações básicas, a autonomia não deve ser tão ruim.  

Nokia lança TWS Go Earbuds 2 + e headphone

Nokia C21, C21 Plus e C2 são novos celulares de entrada com design reforçado (Imagem: Divulgação/HMD Global)
Nokia C21, C21 Plus, C2, e fones Go Earbuds 2 + e Wireless Headphones (Imagem: Divulgação/HMD Global)

A empresa também atualizou a sua linha de fones de ouvido ao lançar o true wireless Nokia Go Earbuds 2+ com cancelamento ativo de ruído, resistência a respingos e ao suor, e 24 horas de reprodução com o case.  

Já o Wireless Headphones chega com opções para uso com ou sem fio. O gadget tem Bluetooth 5.2, bateria para até 60 horas de músicas, e pode acionar assistentes pessoais do aparelho conectado (Alexa, Siri e Google Assistente). O headphone não traz cancelamento ativo de ruído.

Ainda não há previsão para os aparelhos chegarem ao Brasil.