Redmi Note 11S com câmera de 108 MP e MIUI 13 é homologado pela Anatel

Redmi Note 11S, da Xiaomi, já pode ser vendido no Brasil com processador MediaTek, câmera quádrupla de 108 megapixels e MIUI 13 instalada de fábrica

Murilo Tunholi
Por

A Anatel certificou o Redmi Note 11S, da Xiaomi, no Brasil. Emitida na última quarta-feira (2), a homologação vale para o novo celular com processador MediaTek Helio G96, tela de 90 Hz e bateria de 5.000 mAh. O aparelho já pode ser comercializado em solo nacional, sendo compatível com as conexões 4G locais.

Redmi Note 11S (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi Note 11S (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Além dos componentes citados acima, o Redmi Note 11S ainda conta com câmera principal de 108 megapixels — mesma resolução encontrada no sensor do Redmi Note 11 Pro. Há também lentes ultrawide de 8 MP e macro de 2 MP. Para completar o conjunto fotográfico, existe um sensor de profundidade de campo dedicado de 2 MP.

A homologação do Redmi Note 11S é de autoria da DL Eletrônicos e considera o modelo de código 2201116TG. Esse aparelho, também conhecido pelo codinome Viva ou Vida, é o mesmo vendido na Índia e no mercado global. De acordo com o documento da Anatel, o smartphone terá suporte apenas a conexões 4G, sem acesso ao 5G.

Ainda segundo o documento, o celular virá com carregador e bateria BN5D — ambos os itens certificados pela Anatel. Essa mesma bateria está presente no certificado de homologação do Redmi Note 11 Pro e conta com 5.000 mAh de autonomia.

No anúncio do celular, a Xiaomi informou que a bateria do Redmi Note 11S teria recarga de apenas 33 watts, assim como o modelo mais básico. Porém, se a bateria BN5D for realmente igual ao componente do Redmi Note 11 Pro, é possível que ela suporte carregamento de 67 watts.

Vale mencionar que, assim como os outros modelos da linha Redmi Note 11, o Redmi Note 11S chega com a MIUI 13 instalada de fábrica.

Note 11S é parecido com Note 11 Pro na ficha técnica

Na ficha técnica completa, o Redmi Note 11S conta com processador MediaTek Helio G96, memória RAM de até 8 GB e armazenamento de até 128 GB. A tela de 6,43 polegadas usa painel AMOLED com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 90 Hz.

A câmera frontal fotografa com resolução de 16 megapixels, e o conjunto traseiro de câmeras é formado por quatro sensores:

  • principal: 108 megapixels;
  • ultrawide: 8 megapixels;
  • macro: 2 megapixels;
  • profundidade de campo: 2 megapixels.

O Redmi Note 11S ainda tem entrada dedicada para fones de ouvido, conexão Bluetooth, Wi-Fi, GPS, NFC leitor de impressões digitais na lateral, certificação IP53 e emissor de infravermelho.

Em comparação com o Redmi Note 11 Pro, o Note 11S traz quase as mesmas configurações. As diferenças do modelo Pro com 4G ficam somente na tela — maior e com taxa de atualização de 120 Hz — e no tamanho do aparelho. De resto, é tudo igual.

No Brasil, o celular ficará disponível nas cores azul, branco e cinza. Ainda não sabemos, porém, a data de lançamento oficial, nem o preço que será praticado por aqui.

Colaborou: Everton Favretto.

Relacionados

Relacionados