Início / Notícias / Educação /

Google Classroom dará dicas a alunos quando a pergunta for muito difícil

Não consegue responder uma questão de álgebra? O novo Practice Sets do Google Classroom dará dicas aos alunos para facilitar o aprendizado à distância

Bruno Ignacio

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

O Google Classroom, um conjunto de ferramentas web que ajudam professores e alunos a compartilharem e realizarem tarefas online, receberá um novo recurso chamado Practice Sets. Anunciada nesta última quarta-feira (16), a novidade traz um algoritmo que dará dicas escritas, até mesmo em vídeo, quando alunos estiverem com dificuldades para responder determinada pergunta.

Practice Sets é nova ferramenta do Google Classroom para ajudar alunos em tarefas online (Imagem: Divulgação/ Google)
Practice Sets é nova ferramenta do Google Classroom para ajudar alunos em tarefas online (Imagem: Divulgação/ Google)

No mundo pós-coronavírus, aulas e tarefas online se tornaram cada vez mais comuns no mundo todo. Mas há obstáculos que a distância coloca para o aprendizado. É nesse momento em que o Practice Sets pode ajudar, especialmente quando o aluno está sozinho diante de alguma equação matemática, sem ninguém para ajudá-lo de imediato.

Como funciona o Practice Sets no Google Classroom

Na prática, o novo recurso começa facilitando a experiência dos professores quando postarem tarefas de casa para serem feitas online, por exemplo. Imediatamente, o novo algoritmo identificará a natureza da questão, ou seja, se é sobre álgebra, história, inglês e etc. Então, o professor poderá optar por ativar “dicas” para ajudar alunos com dificuldades em responder problemas, tudo integrado à interface do Google Classroom.

No entanto, a verdadeira vantagem está no processo de aprendizado. Como parte da tecnologia de aprendizagem adaptativa, o Practice Sets vai avaliar quando o aluno precisa de ajuda para responder uma questão, e qual seu nível de dificuldade.

Assim, as respostas serão digitadas e o aluno vai pressionar o botão “Verificar” para obter sua nota para a tarefa. Se ele errar algo na primeira tentativa, uma dica aparecerá na tela para tentar direcioná-lo à resolução. No entanto, se ele estiver realmente perdido na questão, uma barra lateral de “Recursos” vai aparecer e exibir vídeos explicativos que o algoritmo do Google considerar úteis para ajudá-lo.

Além disso, o reconhecimento das respostas também foi aprimorado. Agora, por exemplo, se o aluno digitar “0,5” como resposta para uma questão matemática que o professor determinou como “½”, ele ainda terá acertado, mesmo escrevendo de outra forma.

Por fim, quando o professor receber as tarefas feitas de volta, ele verá também a análise da inteligência artificial sobre os acertos ou erros dos alunos. Ou seja, cada tentativa e dica dada será transmitida ao educador, acompanhadas ainda de alguns dados gerais, como alguma pergunta que toda a classe teve dificuldade para responder.

Tarefa “mais fácil” não é algo ruim para o aprendizado

Segundo Shantanu Sinha, chefe de produtos do Google Education, esse tipo de tarefa de casa online pode parecer menos rigorosa. No entanto, são importantes para o desenvolvimento individual de cada aluno e para eles entenderem que podem aprender aquilo que estão com dificuldade e acertar toda a lição.

“Quando você está tentando resolver um problema e não vê nenhuma maneira de fazê-lo, pode ser muito desmoralizante para os alunos. Mas quando eles recebem essa ajuda e sentem: ‘Ah, eu realmente posso fazer isso, isso é algo que está ao meu alcance’, eles começam a criar confiança”, afirmou Sinha ao The Verge.

Trata-se ainda de uma versão beta, mas o Practice Sets já está sendo testado por professores e alunos, acumulando avaliações e identificando e corrigindo bugs antes de ser lançado globalmente.

Com informações: The Verge