Início / Notícias / Jogos /

Jogador de Gran Turismo 7 usa app da Sony para “minerar” créditos sem pagar

Método criado pelo usuário Septomor permite acumular créditos em Gran Turismo 7 de forma automatizada, sem sequer jogar o game ou gastar dinheiro com microtransações

Murilo Tunholi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Gran Turismo 7 exige várias horas de dedicação de jogadores que buscam por créditos para comprar carros e acessórios. Há também a opção de gastar dinheiro em microtransações para conseguir os mesmos itens em menos tempo. Para economizar tempo e dinheiro, um corredor inventou um método que permite acumular créditos de forma automatizada, sem sequer jogar o game.

Carros de Gran Turismo 7 custam créditos que podem ser comprados com dinheiro real (Imagem: Divulgação/Sony)

O método de “mineração” de créditos em Gran Turismo 7 foi descoberto pelo usuário conhecido no site PSNProfiles como Septomor. Para conseguir as moedas, ele usa o aplicativo do Remote Play do PlayStation no PC em conjunto com algumas ferramentas que criam “roteiros” de comandos no controle.

Nesses roteiros, Septomor configura comandos específicos para entrar em uma única corrida e controlar o carro pelo caminho. Os comandos, por sua vez, são enviados ao PS4 ou PS5 pelo aplicativo do Remote Play no computador. Como todo o processo é automatizado, dá para acumular créditos até mesmo dormindo.

Segundo relatos de usuários, o método de Septomor pode garantir “milhões de créditos” em apenas um dia. Em dinheiro real, a quantidade de moedas acumuladas daria uma quantia em torno de centenas de reais em microtransações.

Gran Turismo 7 reduziu créditos das corridas

Em um fórum, Septomor explicou só ter criado o método porque a Polyphony Digital diminuiu bastante a quantidade de moedas recebidas no final das corridas no patch 1.07 de Gran Turismo 7. Segundo o site GT Planet, o tempo para conseguir os carros mais caros do jogo sem gastar dinheiro real aumentou em 63%.

O criador da série Gran Turismo, Kazunori Yamauchi, publicou um comunicado oficial sobre a atualização no site do game. No texto, ele escreveu o seguinte:

“Em Gran Turismo 7, eu gostaria que os jogadores aproveitassem muitos carros e corridas mesmo sem microtransações.

Ao mesmo tempo, o preço dos carros é um elemento importante que transmite seu valor e raridade, então acho importante que isso esteja vinculado aos preços do mundo real.

Quero tornar GT7 um jogo no qual você possa desfrutar de uma variedade de carros de muitas maneiras e, se possível, gostaria de tentar evitar uma situação em que um jogador deve ficar repetindo mecanicamente certos eventos repetidamente”.

Kazunori Yamauchi, CEO da Polyphony Digital.

É provável que a Polyphony Digital faça ajustes no próximo patch de Gran Turismo 7 para evitar o uso de métodos como o criado por Septomor. Vale mencionar que fazer a mineração de créditos pode violar os termos de uso do jogo, resultando no possível banimento do usuário.

Com informações: ArsTechnica.