Os dragões vão dominar os céus em World of Warcraft: Dragonflight

Próxima expansão do MMORPG terá dragões, nova raça e classe, mais customização e um local inédito para explorar

Ricardo Syozi
Por

A próxima grande expansão de World of Warcraft vai se chamar Dragonflight e levará dragões ao universo do jogo. A Blizzard também revelou que o conteúdo terá uma nova localização, uma raça e uma classe totalmente inéditas, além de novas opções de customização para os jogadores deixarem tudo com a sua cara. O Tecnoblog bateu um papo com os desenvolvedores para saber tudo sobre o assunto e você confere, a seguir.

World of Warcraft: Dragonflight
A nona expansão vai se chamar Dragonflight (Imagem: Divulgação/Blizzard)

Após a temática mais sombria que encontramos em Shadowlands, o famoso jogo de MMORPG levará sua próxima expansão às alturas, mas ainda sem data de lançamento definida.

Em World of Warcraft: Dragonflight, os jogadores vão conhecer o antigo local de Dragon Isles, o lar ancestral de uma raça chamada dragonkind. Eles são despertados após 10 mil anos e agora clamam pela ajuda de heróis tanto da Horda quanto da Aliança, pois um perigo antigo está próximo.

A partir daí, quatro novas zonas serão apresentadas: Costa Avivada, Planície Ohn’ahran, Torrão Lazúli e Thaldraszus. Todas vão trazer um visual de muita natureza, com cores vibrantes e muito a descobrir. Com o novo level cap de 70, não faltarão aventuras para os entusiastas.

Habemos dragões

É claro que a grande novidade da vez é a tão aguardada adição dos dragões. Estes seres magníficos estarão na companhia dos jogadores desde o começo em qualquer uma das quatro zonas de Dragon Isles. Mas eles não serão apenas bichos de estimação: essas criaturas vão servir como um novíssimo transporte aéreo.

Dessa forma, será possível voar por todo o mapa, melhorando suas habilidades gradualmente e, consequentemente, podendo alcançar velocidades e alturas ainda maiores.

Como será o seu próprio dragão no game? (Imagem: Divulgação)
Como será o seu próprio dragão no game? (Imagem: Divulgação/Blizzard)

Ah! Vale destacar que os dragões não serão unicamente uma peça para movimento em Dragonflight. Os jogadores poderão assumir o papel de algo totalmente inédito na franquia: um combo de raça e classe.

Com o nome de Dracthyr Evoker, esse personagem poderá ter forma humana ou dracônica e ser da Horda ou da Aliança. Porém, o mais empolgante é poder usá-lo tanto como healer (uma especialização chamada “Preservation”) quanto DPS à distância (especialização chamada “Devastation”). Os Dracthyr Evokers vão começar a jornada no nível 58.

Segundo Morgan Day, o Associate Game Director da expansão:

Uma das coisas que mais me deixa animado em Dragonflight é o uso desse combo. Quero ver como os jogadores vão lidar e customizar seus personagens, já que as possibilidades são gigantescas. Será que vão focar em ser unicamente um healer ou vão mesclar bastante de acordo com a situação? Mal posso esperar.

Algumas opções de customização do Dracthyr Evoker (Imagem: Divulgação)
Algumas opções de customização do Dracthyr Evoker (Imagem: Divulgação/Blizzard)

Faça o que quiser em World of Warcraft: Dragonflight

A customização será um dos pontos mais fortes da nona expansão de WoW. O jogador vai poder personalizar a sua experiência em aspectos diferentes, deixando tudo com a sua cara logo que começar a nova jornada.

  • Todo o HUD poderá ser modificado, permitindo tamanhos diferentes, reposicionamento e até mesmo desligar partes da UI que não sejam interessantes para o jogador;
  • Novas opções de customização para o personagem e também para o seu dragão vão surgir, aumentando o nível de características e estilos;
  • Um novo sistema de talentos será adicionado. Isso vai permitir maior criatividade e liberdade na hora de construir o personagem;
  • As profissões também vão ganhar um novo sistema de pedidos de criação, que permite que os jogadores consigam obter itens específicos sem precisar ter a profissão ou o nível certo para tal. Além disso, novas especializações e equipamentos estão confirmados.

Em uma entrevista exclusiva com a brasileira Laura Sardinha, Lead UI Designer do jogo, ela adianta:

Acompanhamos muito de perto toda a comunidade de WoW. A partir daí, nos esforçamos para oferecer uma experiência mais dinâmica e customizável. É claro que esse é um trabalho em constante evolução, sendo assim, vamos continuar ouvindo e aguardando o feedback dos jogadores.

YouTube video

Como dito antes, anda não há uma data de lançamento oficial para World of Warcraft: Dragonflight. De qualquer forma, as novidades empolgam. Poder sair voando com o seu próprio dragão já é animador, mas ser um dragão poderoso é algo que, com certeza, vai me fazer voltar para o jogo após mais de um ano.

Agora é aguardar.

Com informações: World of Warcraft.

Relacionados

Relacionados