Início / Notícias / Internet /

Sim, o Google Maps mostra imagens de satélite de bases aéreas na Rússia e EUA

Após suspeitas de que Google Maps passou a exibir instalações militares da Rússia, Google informa que não alterou a plataforma

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Google Maps permite ver diversas partes do mundo através de imagens de satélite. Isso inclui instalações militares: a plataforma também exibe bases aéreas na Rússia e nos Estados Unidos. A descoberta aconteceu após a suspeita de que o Google fez alterações no serviço recentemente para exibir as instalações russas.

Google Maps exibe imagens de satélite de instalações militares da Rússia e dos Estados Unidos (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
Google Maps exibe imagens de satélite de instalações militares da Rússia e dos Estados Unidos (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Tudo começou no Twitter. Nesta segunda-feira (18), o perfil das Forças Armadas Ucranianas relatou que o Google Maps passou a apresentar as instalações militares e estratégicas da Rússia. “Agora todos podem ver uma variedade de lançadores russos, minas de mísseis balísticos intercontinentais, postos de comando e aterros secretos com uma resolução de cerca de 0,5 metro por pixel”, afirmaram.

A publicação ainda traz quatro fotos. Nas imagens, é possível averiguar duas bases aéreas e dois portos, ambos com caças militares e navios, respectivamente. E, como o próprio The Verge observou no mesmo dia, ao menos uma dessas fotos vem realmente do Maps. O problema é que… bem, não há nenhuma novidade nisso.

Google Maps não fez alterações nas imagens de satélite

Quem dá o verbo é o próprio Google. Logo após a publicação, uma emissora do Leste Europeu compartilhou as imagens informando que “no Google Maps, objetos militares e estratégicos da Rússia estão disponíveis na resolução máxima”. A companhia, no entanto, desmentiu a informação logo em seguida.

“Olá, observe que não fizemos nenhuma alteração de desfoque em nossas imagens de satélite na Rússia”, afirmaram pelo Twitter. O posicionamento também foi repassado ao The Verge e Ars Technica nesta segunda-feira (18). Ou seja, nada mudou: o Google Maps sempre exibiu imagens de satélite de instalações militares da Rússia. 

Mas isto não acontece apenas na Rússia. O Google Maps também exibe imagens de satélite de instalações militares dos Estados Unidos, como a base aérea de Nellis, que fica em Nevada. A companhia, por outro lado, ocultou uma área militar da França, o que impede a visualização das aeronaves francesas pela plataforma.

Google Maps exibe instalação estratégica da Rússia (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Google Maps exibe instalação estratégica da Rússia (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Usuários identificam equipamentos militares

Toda essa discussão também rendeu algumas descobertas inusitadas. Ainda pelo Twitter, o usuário @expatua revelou imagens do que poderia ser um MiG-31 ou um MiG-25 desmontado, conforme informou o Ars Technica. As aeronaves estão estacionadas na base aérea de Lipetsk, na Rússia.

Também é importante observar que, com ou sem Google Maps, os países têm acesso irrestrito às imagens de satélite. Os Estados Unidos, por exemplo, compartilham informações de inteligência com a Ucrânia. Em março, o diretor da Agência de Inteligência de Defesa afirmou que a colaboração entre os países era “revolucionária”.

Com informações: Ars Technica e The Verge