Com Apple AirTags e PowerPoint, passageiro pede bagagem extraviada de volta

Apple AirTag ajuda a recuperar bagagem extraviada em viagem ao Reino Unido; passageiro usou PowerPoint para mostrar a localização da mala

Bruno Gall De Blasi
Por

Os Apple AirTags são verdadeiros aliados quando algo desaparece. E este foi o caso de uma bagagem extraviada em uma viagem da África do Sul para o Reino Unido. Mas a história não termina aí: o passageiro Elliot Sharod fez uma apresentação de slides no PowerPoint para mostrar à companhia aérea onde a sua mala estava.

Apple AirTag ajuda a recuperar malas extraviadas em Londres, no Reino Unido (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Apple AirTag ajuda a recuperar malas extraviadas em Londres, no Reino Unido (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O caso aconteceu em um vôo de Joanesburgo para Londres. Sharod e sua esposa despacharam três malas para uma viagem com várias escalas, sendo uma delas em Frankfurt, na Alemanha. O problema é que, após passar por vários aeroportos diferentes, as bagagens não acompanharam o casal até o destino.

Não demorou muito para o casal descobrir que as malas ficaram em Frankfurt graças aos Apple AirTags. De imediato, a companhia aérea Aer Lingus foi notificada. Mas, após o contato, apenas duas das três bagagens foram entregues ao casal, o que deu início a uma baita dor de cabeça para resolver a situação.

Sharod também recorreu ao Twitter para fazer queixas. Citando a companhia aérea, ele publicou a gravação de uma apresentação do PowerPoint. E a melhor parte? Todos os slides foram preparados com capturas de tela do app Buscar, que mostra informações sobre o rastreador da Apple, com as localizações da bagagem perdida.

“Oi, Aer Lingus, talvez uma apresentação em PowerPoint sobre a saga em que você enviou minha bolsa perdida/roubada ajude?”, disse no tweet publicado nesta sexta-feira (22). “Já lhe disse várias vezes onde está e vocês não estão fazendo nada sobre isso. Esta foi uma experiência chocante com vocês.”

Malas são recuperadas com auxílio do Apple AirTags

Elliot Sharod também compartilhou uma captura de tela de uma mensagem da companhia aérea logo após a publicação do vídeo. A companhia informou que não conseguiu entregar as malas pois não havia ninguém em casa. Mas o passageiro afirmou que se tratava de uma “mentira”, e que possui câmeras para provar que ninguém apareceu em sua residência.

Felizmente, a história teve um desfecho. Na noite de sexta-feira (22), Sharod afirmou que conseguiu recuperar a bagagem. No entanto, a polícia foi envolvida no caso: “eu consegui pessoalmente”, disse em resposta a um usuário do Twitter. “A polícia me ajudou no final. A companhia aérea não fez nada.”

Os detalhes finais da saga, por outro lado, não foram revelados. “Como a polícia está lidando com o assunto, não postarei mais sobre isso no Twitter”, concluiu. 

Com informações: 9to5Mac e CNN Travel

Relacionados

Relacionados