Receita digital da Memed será integrada a farmácias para facilitar compra

Memed anuncia plataforma aberta e promete comparação de preços e compra em três toques para quem receber receita digital

Giovanni Santa Rosa
Por

Se você precisou ser atendido a distância por um médico, provavelmente uma receita digital no seu celular. Para comprar, você ainda precisava ir a uma drogaria ou no mínimo recorrer ao site dela. Em breve, esse processo pode ficar mais fácil. A Memed anunciou uma plataforma aberta para que as farmácias se integrem a seus sistemas. O objetivo é que os pacientes possam comprar seus medicamentos com no máximo três toques.

Cartelas de medicamentos; em breve, Memed promete que compra com receita digital será mais fácil
Cartelas de medicamentos; em breve, Memed promete que compra com receita digital será mais fácil (Imagem: Roberto Sorin / Unsplash)

Atualmente, a Memed tem integração com a Drogaria São Paulo e as Drogarias Pacheco, além das farmácias digitais Far.me e Qualidoc. O processo ainda não é muito direto, porém.

Ao tocar no botão “Comprar”, o paciente precisa inserir seu CEP ou usar o GPS do celular para encontrar lojas próximas. Ao escolher uma das farmácias, as opções são ligar no televendas, fazer pedido por WhatsApp ou ir ao site.

Em quase todos os casos, é preciso dizer novamente quais são os medicamentos necessários, já que os sistemas não estão integrados com a receita. É isso que a Memed deseja mudar.

De acordo com o comunicado, o paciente terá uma lista de farmácias parceiras próximas à sua localização com opções de filtros por drogaria de preferência, preços, prazos de entrega e demais detalhes sobre os medicamentos prescritos.

A Memed fala em compras com dois ou três toques e entrega em 30 minutos. Obviamente, isso deve depender da sua localização e da disponibilidade dos produtos. A empresa também diz que outras duas varejistas farmacêuticas devem ser divulgadas em breve.

Memed domina mercado e tem parceria com convênio

A Memed tem números expressivos: ela corresponde a mais de 75% das receitas digitais do Brasil, e mais de 80% das farmácias brasileiras estão integradas a seu sistema. Em 2021, foram 29 milhões de prescrições feitas pela plataforma, o que movimentou R$ 5 bilhões. Cerca de 150 mil médicos já utilizam a solução.

Além das farmácias, a empresa está procurando planos de saúde. Até agora, ela firmou uma parceria com a Alice, gestora com atendimento bastante concentrado em meios remotos, como consultas por vídeo e acompanhamento por aplicativo. O sistema da Memed foi integrado ao do convênio, e agora os médicos podem usá-lo para receitar remédios em atendimentos a distância.

Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Relacionados

Relacionados