Multilaser vê lucro diminuir 12% em meio a queda em contratos com governo

Mix de produtos atual e aumento de vendas para clientes de pequeno e médio porte são bons sinais para a empresa, diz Multilaser

Giovanni Santa Rosa
Por

A Multilaser divulgou nesta quinta-feira (12) seus resultados financeiros do primeiro trimestre de 2022. As receitas e os lucros caíram em relação ao mesmo período de 2021. A empresa aponta a desaceleração no volume de licitações com o governo como um dos fatores para explicar esse número. Mesmo assim, acredita que tem hoje uma situação mais “saudável” e de “zero preocupação”.

Multilaser G Max 2 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Multilaser G Max 2 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O lucro líquido foi de R$ 171 milhões, uma queda de 11,7% em relação ao primeiro trimestre de 2021.

Já a receita líquida da Multilaser no primeiro trimestre de 2022 foi de R$ 975,5 milhões, 20,6% menor em relação ao mesmo período do ano anterior.

A empresa aponta que os três primeiros meses do ano passado foram atípicos para ela.

Houve um acréscimo na receita vindo do backlog de vendas entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021. Além disso, o período contabilizou os efeitos de uma explosão de demanda durante a pandemia.

Por isso, os números do primeiro trimestre de 2022 estariam dentro do esperado.

Governo compra menos, varejo compra mais

A Multilaser também apresentou alguns motivos para explicar os números menores em receitas e lucros.

Um deles é a desaceleração no volume de contratos com o governo: houve uma queda de 16,6%. A empresa avisa que “possui um volume significativo de licitações aprovadas para 2022”.

Por outro lado, as vendas para clientes de pequeno e médio porte cresceram.

O canal de vendas diretas ao consumidor teve alta de 40,4% em relação ao primeiro trimestre de 2021. Agora, ele representa 6,5% das vendas da companhia.

Além disso, houve aumento na oferta de produtos mais acessíveis, como eletroportáteis.

Eles são importantes em um momento de alta de inflação e dos juros, em que os consumidores estão com menos dinheiro disponível para compras.

A Multilaser chama isso de “mix de produtos mais saudável”. Uma prova disso, segundo a empresa, é o aumento nas margens bruta e líquida em relação ao quarto trimestre de 2021.

A margem bruta passou de 21% para 28,5%, enquanto a líquida foi de 12,1% para 17,5%.

Mesmo assim, na comparação com o primeiro trimestre de 2021, houve queda de 2,3 pontos percentuais na margem bruta.

Com informações: Multilaser, Valor Econômico.

Relacionados

Relacionados