Notícias Computador

Novo Acer Predator Helios 300 é um notebook gamer com 3D que não pede óculos

Notebook gamer Predator Helios 300 SpatialLabs Edition, da Acer, traz também processador Core i9 de 12ª geração e GPU RTX 3080

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Esta quarta-feira (18) foi um dia de anúncios da Acer. Vários anúncios. Um deles é o Predator Helios 300 SpatialLabs Edition. Trata-se de um notebook gamer que traz imagens 3D estereoscópicas, sem que óculos especiais sejam necessários para isso. Mas, cá entre nós, a configuração interna é a que mais soma pontos. Começa pelo processador, um Intel Core i9 de 12ª geração.

Predator Helios 300 SpatialLabs Edition (imagem: divulgação/Acer)
Predator Helios 300 SpatialLabs Edition (imagem: divulgação/Acer)

Se você faz parte do time dos que não gostam de notebooks com design exótico, o Predator Helios 300 SpatialLabs Edition pode não te agradar. O modelo tem alguns traços ousados nas laterais e, principalmente, na parte traseira.

Eu faço parte desse time, mas admito que o design do laptop não me desagradou totalmente. As áreas da tampa, tela e teclado são “limpas”, detalhes que trouxeram um equilíbrio para o visual do modelo.

Mas o que importa, de verdade, são os recursos do equipamento, certo? Comecemos pela tela.

Vai um 3D estereoscópico aí?

O painel tem 15,6 polegadas e resolução de 3840×2160 pixels (4K). A parte inusitada é o efeito tridimensional. A Acer explica que a tela é recoberta por uma “lente lenticular de cristal líquido” que permite alternar visualizações 2D e 3D estereoscópica.

Como é essa experiência? Teríamos que experimentar para saber. Mas a companhia fornece uma explicação que nos dá uma noção:

Com o aplicativo SpatialLabs TrueGame, os usuários podem jogar facilmente games compatíveis em modo 3D no dispositivo, onde os detalhes da cena ganham vida.

Os quartos parecem mais espaçosos, os objetos são exibidos genuinamente em camadas e as aventuras se tornam mais emocionantes — tudo de forma estável, em tempo real e sem a necessidade de óculos especiais.

Como ficou claro, é por meio do SpatialLabs TrueGame que o modo 3D é ativado. O aplicativo carrega as informações de profundidade do jogo e combina isso com um mecanismo de rastreamento ocular e tecnologias de renderização em tempo real.

Cerca de 50 títulos são compatíveis com o recurso, entre games clássicos e recentes.

Predator Helios 300 SpatialLabs Edition (imagem: divulgação/Acer)
Predator Helios 300 SpatialLabs Edition (imagem: divulgação/Acer)

Core i9 de 12ª geração e RTX 3080

De nada adianta tudo isso se o hardware não der conta do recado. Mas dá. Na configuração mais avançada, o Predator Helios 300 SpatialLabs Edition pode ser equipado com um processador Intel Core i9-12900H (12ª geração) e uma GPU Nvidia GeForce RTX 3080.

Complementam o hardware essencial até 32 GB de memória DDR5 e SSD de até 2 TB (M.2 PCIe 4.0), além de uma bateria de 90 Wh. O resfriamento é garantido por um sistema de duas ventoinhas, uma delas baseada na tecnologia AeroBlade 3D de 5ª geração, da própria Acer.

Outros recursos incluem Wi-Fi 6E, porta Thunderbolt 4 (via USB-C), conexão HDMI 2.1, teclado com retroiluminação LED colorida e o Windows 11 Home como sistema operacional.

Pelo menos até o momento, não há previsão de lançamento no Brasil. Nos Estados Unidos, o Predator Helios 300 SpatialLabs Edition vai ser lançado até setembro com preço inicial na casa dos US$ 3.400 (sugiro não converter para reais).

Predator Triton 300 SE: notebook gamer fininho (ou quase)

Já reparou que, normalmente, notebooks gamer não são compactos? Há uma explicação um tanto óbvia para isso. Esses equipamentos priorizam o desempenho e, muitas vezes, isso requer o uso de sistemas de resfriamento que ocupam bastante espaço.

Mas o Predator Triton 300 SE, outro dos vários anúncios da Acer, tem uma proposta diferente. Esse é o nome de uma linha de notebooks gamer que oferece design sóbrio e espessura reduzida.

Ok, reconheço que os laptops dessa linha são finos, mas não tanto quanto um… notebook ultrafino. Entretanto, na comparação com outros laptops para jogos, até que esse aspecto não deixa a desejar aqui.

Predator Triton 300 SE (imagem: divulgação/Acer)
Predator Triton 300 SE (imagem: divulgação/Acer)

Hardware potente não poderia faltar. A linha Predator Triton 300 SE foi atualizada para suportar processadores Intel Core de 12ª geração, GPUs Nvidia GeForce RTX da série 3000 (com destaque para o modelo 3060) e até 32 GB de RAM.

Não menos importante: a tela tem 14 polegadas e, opcionalmente, pode contar com painel OLED.

Nos Estados Unidos, os preços começam em US$ 1.750.

Tem monitor gamer também

Para quem faz questão de jogar em uma tela grande, a Acer apresentou dois monitores direcionados a games: o Predator XB273K LV e o Nitro XV272U RV.

Monitor gamer Predator XB273K LV (imagem: divulgação/Acer)
Monitor gamer Predator XB273K LV (imagem: divulgação/Acer)

Ambos têm 27 polegadas de tamanho, mas o Acer Predator XB273K LV se destaca por contar com resolução de 3840×2160 pixels, taxa de atualização de 160 Hz e tempo de resposta de 0,5 ms. Nos Estados Unidos, o preço é de US$ 999.

O Acer Nitro XV272U RV é um pouco mais simples, mas não desaponta nas especificações. Entre elas estão uma resolução de 2560×1440 pixels, taxa de atualização de até 170 Hz e tempo de resposta de 1 ms. Preço? Nos Estados Unidos, US$ 449.

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque