Notícias Gadgets

Sony lança novos Walkman com modelo banhado a ouro de quase R$ 20 mil

Voltados para audiófilos, novos Walkman da Sony prometem entregar design e som da mais alta qualidade, além de bateria de longa duração

Murilo Tunholi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Sony atualizou sua linha Walkman com dois novos modelos voltados para audiófilos. Equipados com amplificadores exclusivos e design de luxo, os tocadores de música prometem som da mais alta qualidade. Essas vantagens, porém, vêm com um preço bastante alto: a edição mais cara pode custar quase R$ 20 mil, em conversão direta.

Walkman NW-WM1ZM2, da Sony, é banhado a ouro e promete entregar alta qualidade de som (Imagem: Divulgação/Sony)
Walkman NW-WM1ZM2, da Sony, é banhado a ouro e promete entregar alta qualidade de som (Imagem: Divulgação/Sony)

No topo da linha, o NW-WM1ZM2 é comercializado no mercado global por US$ 3,7 mil — em conversão direta, o preço equivale a R$ 18,9 mil. Esse MP3 player tem amplificador digital S-Master HX com capacitores “afinados” e ainda acompanha um cabo da Kimber Kable para garantir a alta qualidade do som.

Em sua construção, o NW-WM1ZM2 conta com carcaça de cobre livre de oxigênio e banhada a ouro. Segundo a Sony, os elementos metálicos contribuem não só para o design de luxo do aparelho, como também para assegurar uma saída de áudio “limpa e expansiva”. Até mesmo as soldas do dispositivo incluem ouro para entregar o melhor som possível.

Equipado com sistema operacional baseado em Android, o MP3 player ainda ostenta uma tela de cinco polegadas com resolução HD (720p) e bateria que promete até 40 horas de reprodução de áudios em FLAC a 98 kHz. O NW-WM1ZM2 também traz 256 GB de armazenamento, suporte a conexões Wi-Fi e uma porta USB-C.

A Sony se preocupou em oferecer suporte a diversos formatos de áudio no aparelho. Ele é capaz de reproduzir arquivos desde MQA até WAV, em até 32-bit e 384 kHz. Além disso, há um algoritmo que faz o upscaling de qualquer música para qualidade de CD (16-bit a 44 ou 48 kHz).

Para acompanhar o caríssimo NW-WM1ZM2, a Sony ainda lançou o nada barato NW-WM1AM2, custando US$ 1,4 mil — cerca de R$ 7,2 mil em conversão direta. Ele oferece a mesma qualidade de som do modelo topo de linha, porém economiza na construção, trazendo carcaça de alumínio e um cabo mais simples de cobre livre de oxigênio. O armazenamento também é menor: 128 GB.

NW-WM1AM2 é o Walkman da Sony construído em alumínio (Imagem: Divulgação/Sony)
NW-WM1AM2 é o Walkman da Sony construído em alumínio (Imagem: Divulgação/Sony)

Novos Walkman são interessantes só para audiófilos

Ambos os Walkman estão disponíveis no mercado global. Não há previsão para um lançamento oficial no Brasil, então é preciso importá-los. Vale lembrar que os modelos são voltados para audiófilos. Por isso, se você for apenas um ouvinte de música casual, provavelmente não irá se beneficiar com os recursos do NW-WM1ZM2 e do NW-WM1AM2.

Ah, mesmo com tantas vantagens, ainda é necessário ter fones de ouvido preparados para reproduzir áudios com tamanha qualidade e precisão. Para nós, meros mortais, já é difícil encontrar diferenças entre áudio normal e lossless. Somente ouvintes super dedicados e exigentes devem se interessar por esses produtos.

Com informações: Engadget.

Murilo Tunholi

Jornalista, atua como repórter de videogames e tecnologia desde 2018. Tem experiência em analisar jogos e hardware, assim como em cobrir eventos e torneios de esports. Antes do Tecnoblog, passou pela Editora Globo (TechTudo) e Mosaico (Buscapé/Zoom). É apaixonado por gastronomia, informática, música e Pokémon. Já cursou Química, mas pendurou o jaleco para realizar o sonho de trabalhar com games.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque