YouTube tem nova função que facilita correção de erros em vídeos publicados

Recurso de Correções permite incluir cartões com avisos, erratas ou explicações sobre erros e informações desatualizadas nos vídeos

Murilo Tunholi
Por

O YouTube oferece cada vez mais ferramentas para consertar erros em vídeos. Nesta quarta-feira (15), a plataforma lançou mais uma função, com promessa de facilitar correções em materiais já publicados. Esse recurso visa reduzir os casos de pequenas falhas que passam despercebidas pelos donos dos canais.

YouTube
YouTube (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Chamada Correções, a função permite aos youtubers incluir erratas ou esclarecimentos em certos pontos do vídeo. Ao configurar uma correção, um cartão irá aparecer no canto superior direito da janela, no momento da falha. Clicando no cartão, os espectadores são levados até a descrição do vídeo, onde está a explicação em texto.

As Correções podem ser usadas para não só corrigir falhas, como também atualizar informações antigas. Assim, o YouTube diminui os casos de enganos ou falta de clareza nos tópicos apresentados.

A interface da função de Correções é a seguinte:

YouTube tem nova função que facilita correção de erros em vídeos publicados
Recurso de Correções do YouTube (Imagem: Divulgação/Google)

Youtubers perdiam métricas após consertar vídeos

Antes, caso o criador quisesse consertar algum erro, era preciso editar o vídeo inteiro novamente para substituir o material original, em seguida. Porém, fazer isso era um problema, pois o youtuber podia perder todos os comentários, curtidas e outras métricas de engajamento acumuladas na publicação.

Outra alternativa era fixar um comentário com as correções ou colocar a explicação na descrição do vídeo manualmente. Contudo, em ambas as situações, o aviso tendia a passar despercebido pela audiência, a qual reclamava logo depois.

Há, contudo, um problema: por enquanto, o cartão de Correções aparece somente no primeiro ajuste realizado pelo criador do vídeo. Caso haja mais de uma correção, os espectadores precisam clicar no cartão inicial para abrir os seguintes. É provável que isso seja um bug, já que a função acabou de ser lançada.

Com informações: Neowin ,The Verge.

Relacionados

Relacionados