Notícias Aplicativos e Software

Telegram Premium sai um pouco mais caro para quem usa iPhone

Valor da mensalidade do Telegram Premium varia de acordo com a plataforma usada; assinatura custa mais caro no iPhone (iOS)

Bruno Gall De Blasi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Telegram Premium já começou a ser liberado aos usuários. O serviço oferece alguns recursos exclusivos, como a opção para transcrever mensagens de voz, a possibilidade de enviar arquivos de até 4 GB e afins. O valor da mensalidade, no entanto, não é o mesmo para quem faz a assinatura pelo Android, iPhone (iOS) ou PC.

Telegram Premium custa até R$ 24,90 ao mês, ao depender da plataforma (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)
Telegram Premium custa até R$ 24,90 ao mês, ao depender da plataforma (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Os relatos da disparidade de valores começaram a surgir nesta segunda-feira (20). Após a liberação do Premium para iOS por R$ 24,90 ao mês, outros valores foram relatados na Comunidade do Tecnoblog. É o caso do aplicativo para Android (via Play Store) que, conforme constatado em nossos testes, custa R$ 23,99.

Mas esta não é a única disparidade. Isto porque, ao baixar o aplicativo diretamente pelo site do Telegram, o valor da mensalidade é ainda menor: R$ 12,49. Neste caso, os assinantes precisam inserir os dados do cartão de crédito diretamente no Telegram, pois esta modalidade não usa o sistema de pagamentos da Google Play Store. 

A mensalidade de R$ 12,49 é a mesma ao fazer a assinatura pelo Windows. Assim como no app para Android baixado pelo site do Telegram, os usuários são direcionados ao Premium Bot, que encaminha os usuários ao sistema de contratação, após acessar a seção “Telegram Premium” nas configurações. Em seguida, basta digitar os dados do cartão de crédito para garantir a sua assinatura.

Preços do Telegram Premium ao fazer a assinatura pela App Store (iPhone) e Play Store (Android) (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Preços do Telegram Premium ao fazer a assinatura pela App Store (iPhone) e Play Store (Android) (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Mas por que é mais caro pela App Store e Play Store?

Essa disparidade, ao que tudo indica, está ligada às taxas de serviços das plataformas. No caso da Play Store, por exemplo, o Google possui um sistema que cobra 15% sobre o primeiro US$ 1 milhão em ganhos anuais e 30% para lucros acima de US$ 1 milhão no ano. A Apple também cobra um proporcional das vendas pela loja.

Não à toa, ao fazer a contratação pelo meu iPhone, fui direcionado imediatamente ao sistema da App Store. Além disso, nos meus testes, não consegui sequer acessar o Premium Bot pelo celular da Apple. O bot só está disponível para quem instalou o app para Android pelo site do mensageiro, e não pela Play Store.

Ainda assim, não são todos os aplicativos que oferecem a opção para fazer a assinatura. Além dos celulares, durante testes do Tecnoblog, só conseguimos simular a assinatura no Telegram Desktop para Windows. A opção não estava disponível nas versões tanto para macOS (App Store) quanto para Linux

Também não consegui fazer a inscrição pelo Telegram Web.

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque