Notícias Jogos

Desenvolvedora de Pokémon Go demite 8% e cancela projetos

Empresa de São Francisco, a Niantic ainda não conseguiu emplacar outro sucesso além do game dos monstrinhos de bolso

Ricardo Syozi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Após lançar Pokémon Go em 2016, a Niantic vem apresentando grande dificuldade em obter êxito com outros títulos. Por causa disso, a companhia está cancelando quatro projetos e vai demitir entre 85 e 90 funcionários. O objetivo é o de cortar gastos e se preparar para dias mais difíceis, além de focar em produções e parcerias.

Niantic Pokémon Go
Funcionários da desenvolvedora de Pokémon Go (Imagem: Divulgação / Niantic)

Mesmo que o enorme sucesso de Pokémon Go tenha ficado no passado, ainda há uma grande base de fãs frequentes do game para dispositivos móveis. Assim, não é de se surpreender que sua desenvolvedora tenha tentado alcançar números parecidos com outras produções.

No entanto, não é o que tem acontecido.

Em um e-mail enviado para funcionários, divulgado em partes pela Bloomberg, John Hanke, Chefe-executivo da Niantic, afirmou que a companhia:

Está enfrentando um tumulto econômico e está reduzindo custos em várias áreas. Precisamos agilizar ainda mais as operações, a fim de melhor posicionar a empresa para enfrentar quaisquer tempestades econômicas que possam estar à frente.

Em outras palavras: demissões e cancelamentos.

Ao todo, quatro projetos foram descartados: Blue Sky, Snowball, Hamlet e Heavy Metal, este último seria um jogo baseado na franquia Transformers. Já no que se refere a parte do desligamento de funcionários, um porta-voz do estúdio anunciou:

Recentemente decidimos parar a produção de alguns projetos e reduzir nossa força de trabalho em cerca de 8% para focar em nossas prioridades. Somos gratos pelas contribuições daqueles que saem da Niantic e estamos apoiando-os nesta difícil transição.

Harry Potter, Pikmin e NBA

Em primeiro lugar, vale lembrar que a coleção de insucessos da empresa nos últimos tempos não foi por falta de tentativa. Harry Potter: Wizards Unite foi lançado em 2019 com bastante expectativa, mas ficou tão distante de juntar jogadores, que seus servidores foram fechados em janeiro desse ano.

Pikmin Bloom, outro fruto da parceria com a Nintendo, é um game que tem uma certa base de fãs, mas nada próximo do que já foi visto em Pokémon Go.

Enquanto isso, a Niantic anunciou que fez uma parceria com a National Basketball Association. As marcas vão lançar um jogo chamado NBA All-World, no qual os jogadores poderão encontrar e desafiar vários atletas da NBA. A tecnologia de realidade aumentada será novamente o foco da brincadeira.

Você ainda gosta de encontrar monstrinhos de bolso pelas ruas de sua cidade? Acha que jogos que fazem uso dessa tecnologia ainda podem oferecer muitas novidades? Conta para gente a sua opinião!

Ricardo Syozi

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque