Notícias Telecomunicações

Claro resolve chamar 5G puro de 5G+ e prepara lançamento em Brasília

Operadora está pronta para lançar 5G em Brasília com cobertura no Plano Piloto e Lago Sul; confira lista de aparelhos compatíveis

Lucas Braga
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A frequência de 3,5 GHz ainda não foram liberadas para uso com 5G, mas a Claro divulgou que está pronta para lançar sua nova rede em Brasília (DF). A operadora resolveu chamar a versão pura da quinta geração de 5G+ e divulgou a lista de aparelhos compatíveis, mas há inconsistência nas informações sobre planos aptos a utilizar o novo 5G Standalone.

Celular da Claro
Claro prepara lançamento do 5G (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

5G+?!?

O 5G mal chegou no Brasil, mas o marketing da Claro resolveu adotar a marca 5G+. Geralmente o símbolo mais é utilizado em evoluções da tecnologia, mas a operadora resolveu adotá-lo tanto para o 5G NSA (Non-Standalone, com núcleo compartilhado com 4G) como no 5G SA (Standalone, com rede 100% dedicada ao 5G).

A Claro também utilizará a frequência de 2,3 GHz no 5G. No entanto, a operadora não possui licença nacional para essa faixa, e a região Nordeste e os estados de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro poderão utilizar o serviço apenas com 3,5 GHz.

Além do 5G puro, a Claro também possui o 5G DSS disponível em 35 cidades. Esse padrão utiliza o compartilhamento dinâmico de frequências com a rede 4G, mas possui desempenho e velocidades inferiores aos padrões que ainda serão ativados.

Para lançar a rede, a Claro ainda aguarda liberação do Gaispi, grupo responsável pela limpeza da faixa de 3,5 GHz. A cobertura inicial em Brasília compreende o Plano Piloto e o Lago Sul:

Cobertura inicial do 5G SA da Claro em Brasília (Imagem: Reprodução / Claro)

Afinal, será necessário trocar o plano para usar o 5G SA?

As informações divulgadas pela Claro não são consistentes. No comunicado enviado para a imprensa, a operadora informa que os clientes não precisarão trocar de plano para usar o 5G:

Assim como no lançamento do DSS, a adoção será transparente e sem exigir qualquer alteração de contrato. Basta que o cliente tenha um plano ativo da Claro e um celular compatível para passar a utilizar o novo 5G+.
Comunicado de imprensa da Claro

No entanto, essa não é a mesma informação encontrada no site da Claro. Tanto a lista de aparelhos compatíveis como a seção de perguntas frequentes informam que, para utilizar o 5G SA, é necessário ter um plano compatível e trocar de chip:

Site da Claro informa restrição para uso do 5G SA (Imagem: Reprodução)

O Tecnoblog questionou a Claro sobre a inconsistência e os detalhes para troca de chip. A operadora confirmou que para utilizar o 5G SA será necessário trocar de plano, e clientes atuais poderão usar apenas as redes 5G DSS e 5G NSA.

O novo chip será comercializado pelo mesmo valor dos SIM Cards 4G, com custo de R$ 10. Quem utiliza eSIM também precisará passar por uma migração para outra versão compatível com 5G SA, que estará disponível “em breve”.

Claro preparou plano para 5G SA

O Tecnoblog obteve acesso ao regulamento de um novo plano de celular da Claro que ainda não está disponível no site da operadora. O Claro Pós 5G SA tem preço mensal de R$ 159,99 (ou R$ 149,99 para pagamento com débito automático) e possui franquia de dados de 50 GB.

Regulamento de plano 5G da Claro
Regulamento de plano 5G da Claro (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

O regulamento do Claro Pós 5G SA não apresenta franquia para vídeos nem qualquer menção de gratuidade no acesso a aplicativos e redes sociais. Nos planos pós-pagos atuais, os clientes possuem acesso liberado ao Instagram, Facebook, Twitter e Waze, além de pacote de dados extra para usar com YouTube, Netflix, HBO Max e outros serviços de streaming.

Preços do plano Claro Pós 5G SA
Preços do plano Claro Pós 5G SA (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

O texto informa a velocidade máxima de download de 10 Mb/s e 1 Mb/s de upload na rede 5G. É pouco, mas isso não costuma significa que o cliente ficará restrito aos 10 Mb/s; os planos 4G sempre informam velocidade de 5 Mb/s nos contratos, enquanto, na prática, é possível atingir resultados muito maiores.

Velocidades contratuais do 5G da Claro
Velocidades contratuais do 5G da Claro (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Compatibilidade de aparelhos com 5G da Claro

A Claro terá três padrões de 5G em operação, mas não são todos os aparelhos que possuem compatibilidade com todos os modos.

Confira a lista divulgada pela Claro:

TecnologiaAparelhos compatíveis com 5G
Apenas 5G DSSNokia G50
Apenas 5G DSS e 5G NSAMotorola Moto Edge 20 Lite
Motorola Moto Edge
Motorola Moto Edge 20 Pro
Motorola Moto G50 5G
Motorola Moto G71 5G
Motorola Moto G 5G
Motorola Moto G 100
Samsung Galaxy A22 5G
Samsung Galaxy A32 5G
Samsung Galaxy A33 5G
Samsung Galaxy A52 5G
Samsung Galaxy A52s 5G
Samsung Galaxy A53 5G
Samsung Galaxy A73 5G
Samsung Galaxy S21 FE
Samsung Galaxy S22, S22+ e S22 Ultra
Samsung Galaxy Note 20
Apple iPhone 12 Mini, 12, 12 Pro e 12 Pro Max
Apple iPhone 13 Mini, 13, 13 Pro e 13 Pro Max
Compatibilidade plena
5G DSS, 5G NSA e 5G SA
Motorola Moto Edge 20
Motorola Moto G 200 5G
Motorola Moto Edge 30 Pro 5G
Motorola Moto Edge 30
Motorola Moto G62
Motorola Moto G82
Samsung Galaxy S21, S21+ e S21 Ultra
Samsung Galaxy Z Flip 3
Samsung Galaxy Z Fold 3

A relação de aparelhos é estranha: não faz sentido que linha Galaxy S22 não suporte o 5G SA, visto que a linha antecessora Galaxy S21 é listada como compatível.

Também não faz sentido que a linha iPhone não tenha compatibilidade com o 5G SA. Diversas operadoras estrangeiras suportam esses aparelhos com a tecnologia.

Ao Tecnoblog, a Claro informou que alguns aparelhos ainda estão em fase de homologação para suportar a rede 5G SA, como o caso do Samsung Galaxy S22, e outros dependem da atualização do fabricante, como os iPhones da Apple.

Colaborou: Everton Favretto. Atualizado às 17h29

Lucas Braga

Autor especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque