Notícias Jogos

GTA 6 pode ter mulher como protagonista e roteiro baseado em Bonnie & Clyde

Com a intenção de se reinventar, a Rockstar Games está mudando o seu ambiente e apostando em novidades em seu carro chefe

Ricardo Syozi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Após as recentes mudanças como a remoção de piadas transfóbicas na versão mais recente de GTA V, a Rockstar Games está seguindo por um caminho mais abrangente e inclusivo. Assim, parece que a próxima iteração da franquia vai adicionar uma mulher como uma das protagonistas. GTA 6 ainda está longe de seu lançamento, mas já promete ser o ponto de curva da empresa.

GTA V (Imagem: Divulgação / Rockstar Games)
GTA V (Imagem: Divulgação / Rockstar Games)

Segundo um reporte do Bloomberg, a desenvolvedora de obras como Red Dead Redemption e Bully está trabalhando ativamente em Grand Theft Auto 6. Ao que tudo indica, a nova empreitada vai adicionar pela primeira vez na série uma mulher como uma das protagonistas.

Ela será uma latina e fará par com outro personagem. A narrativa deverá ser altamente influenciada pela história de Bonnie e Clyde, casal de assaltantes de bancos que marcou a história americana entre 1931 e 1936. Além disso, alguns desenvolvedores que estão trabalhando no game comentaram sobre o fato de estarem mais cautelosos. Eles não querem fazer piadas com minorias ou grupos comumente marginalizados.

Mesmo ainda longe de qualquer confirmação ou data de lançamento, GTA 6 já promete ser diferenciado em muitos quesitos, desde seus personagens a seu mundo. Resta saber se vamos ter confirmações em um futuro próximo.

Polêmicas do mundo real afetam GTA

Muitas das decisões aparentemente tomadas pela Rockstar Games refletem situações complicadas que ocorreram nos últimos anos. Por exemplo, a morte de George Floyd, causada por um policial em 2020, deu início a uma série de protestos nos Estados Unidos e ao redor do mundo.

Do mesmo modo, a desenvolvedora decidiu cancelar um modo planejado para chegar ao GTA Online. Seu nome seria Cops ‘N Crooks, uma jogatina semelhante a brincadeira de Polícia e Ladrão. Ou seja, a companhia deduziu que isso não pegaria nada bem com os eventos que ocorriam na época.

Outro fator que pedia por mudanças era o ambiente de trabalho dentro da Rockstar. Nesse sentido, muitos funcionários chegaram a comentar sobre altos níveis de bebidas alcoólicas e passeios a clubes de striptease. Isso sem contar os diversos casos de horas de crunch, algo cultural dentro da empresa, mas que vem passando por alterações recentemente.

Por fim, é válido apontar que transformações desse tipo são benéficas para uma empresa que visa a inclusão e uma esfera de trabalho mais satisfatória para todos os seus funcionários.

Agora é aguardar para as próximas novidades de Grand Theft Auto 6.

Ricardo Syozi

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque