Notícias Negócios

Spotify ganha mais assinantes no Premium, mas tem prejuízo

Número de usuários ativos sobe para 433 milhões no 2º trimestre de 2022; Spotify registra um aumento de 14% na base de assinantes

Bruno Gall De Blasi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Spotify divulgou, nesta quarta-feira (27), os resultados financeiros para o segundo trimestre de 2022. O período foi marcado por um aumento anual de 14% na base de assinantes do plano Premium, um registro acima do esperado. A companhia, no entanto, teve um prejuízo líquido de 125 milhões de euros.

Spotify divulga resultado financeiro para o segundo trimestre de 2022 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Spotify divulga resultado financeiro para o segundo trimestre de 2022 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A expansão dos usuários é uma marca que merece destaque. Segundo a companhia, no 2º trimestre, a plataforma registrou 433 milhões de usuários ativos mensalmente (MAU, em inglês). Além do crescimento de 19%, a marca é acima do resultado de 428 milhões esperado para o período.

“A força do MAU [usuários ativos mensalmente, em português] foi liderada por campanhas de marketing bem-sucedidas no Resto do Mundo, reativações na Europa e força da Geração Z na América Latina”, informaram.

Parte desse sucesso gira em torno do Premium. Ao todo, a plataforma acumulou 188 milhões de assinantes, um aumento de 14% em relação ao mesmo período do ano passado. Já o número de usuários que utilizam a plataforma gratuitamente, com anúncios, foi de 256 milhões, crescimento de 22% em comparação com o segundo trimestre de 2021.

Segundo a companhia, os planos com mais de um usuário continuaram a exibir força no período.

Spotify ganha mais usuários e aumenta a base de assinantes (Imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Spotify ganha mais usuários e aumenta a base de assinantes (Imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Receita sobe, mas Spotify não tem lucro no trimestre

Essa expansão impulsionou a receita. O Spotify ganhou dinheiro, principalmente, com assinantes do Premium: 2,5 bilhões de euros, um aumento de 22% na relação anual. Os usuários do plano gratuito, por sua vez, levaram 360 milhões de euros ao caixa da empresa, resultado 31% superior ao de 2021.

Toda essa quantia totalizou uma receita de 2,8 bilhões de euros. O resultado foi 23% superior ao mesmo período do ano passado, quando a empresa arrecadou 2,3 bilhões de euros. Todavia, isto não impediu que a empresa tivesse um prejuízo líquido de 125 milhões de euros.

A marca encerra o ciclo positivo do período anterior. Para se ter ideia, no primeiro trimestre de 2022, o Spotify teve um lucro líquido de 131 milhões de euros. Além disso, está bem acima dos resultados do segundo trimestre de 2021, quando o prejuízo foi de 20 milhões de euros.

Spotify espera alcançar mais usuários no terceiro trimestre de 2022 (Imagem: sgcdesignco/Unsplash)
Spotify espera alcançar mais usuários no terceiro trimestre de 2022 (Imagem: sgcdesignco/Unsplash)

Plataforma espera mais usuários no 3º trimestre

O relatório também revelou as expectativas para o próximo ciclo. No terceiro trimestre de 2022, o Spotify espera alcançar a marca de 450 milhões de usuários ativos mensalmente. Já o número de assinantes do plano Premium deve subir até 194 milhões, enquanto a receita estimada é de 3 bilhões de euros.

A companhia, no entanto, não informou quando o Spotify HiFi será lançado, conforme notou o The Verge. E a observação faz sentido, porque já faz mais de um ano que a função foi anunciada e até agora sequer tem uma previsão de estreia.

Enquanto isso, o Apple Music, Deezer e o Tidal já oferecem a opção de ouvir músicas com mais qualidade aos seus usuários.

Com informações: Spotify (Newsroom)

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque