Notícias Internet

Amazon Drive será encerrado e usuários devem baixar seus arquivos até 2023

Amazon Drive, serviço de armazenamento de arquivos na nuvem, chegará ao fim; Amazon Fotos continuará disponível aos usuários

Bruno Gall De Blasi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Amazon está se preparando para desativar o Amazon Drive em todos os países. Nesta sexta-feira (29), a gigante do e-commerce enviou um e-mail aos usuários para avisar sobre o encerramento do serviço para armazenar arquivos na nuvem. O Amazon Fotos permanecerá disponível para fazer backup de fotos e vídeos.

Amazon Drive será encerrado em dezembro de 2023 (Imagem: Christian Wiediger/Unsplash)
Amazon Drive será encerrado em dezembro de 2023 (Imagem: Christian Wiediger/Unsplash)

O Amazon Drive surgiu em 2011 e foi lançado no Brasil em 2014. Parte do seu sucesso veio da proposta de oferecer armazenamento ilimitado por US$ 59,99 ao ano aos usuários. A companhia, porém, passou a aplicar um limite de 1 TB no plano em 2017.

Mas o serviço chegará ao fim no ano que vem. “Nos últimos 11 anos, o Amazon Drive serviu como um serviço de armazenamento em nuvem seguro para os clientes da Amazon fazerem backup de seus arquivos”, anunciaram. “Em 31 de dezembro de 2023, não daremos mais suporte ao Amazon Drive para concentrar nossos esforços em fotos e armazenamento de vídeo com o Amazon Fotos”.

Apps do Amazon Drive serão retirados de lojas em 2022

O e-mail foi enviado a quem tem arquivos armazenados no serviço. Sendo assim, a companhia ressaltou que os usuários precisam baixar todos os seus arquivos até o fim de 2023. E tudo isso deve ser feito pelo navegador. Além disso, os apps para Android e iOS serão removidos das lojas de aplicativos em 31 de outubro de 2022. 

“Em 31 de janeiro de 2023, a Amazon não oferecerá mais suporte ao upload de arquivos no site”, afirmaram em uma página com perguntas e respostas sobre o encerramento da plataforma.

No comunicado, a companhia disse que os usuários poderão continuar a usar o Amazon Fotos para fazer backup e guardar fotos e vídeos na nuvem.

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque