Notícias Telecomunicações

TIM leva 5G “puro” para Belo Horizonte, João Pessoa e Porto Alegre

5G Standalone (SA) é levado para mais três capitais brasileiras; TIM oferece promoção para acessar a rede sem custo adicional

Bruno Gall De Blasi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Depois de Brasília, o 5G Standalone (SA) está sendo levado para mais cidades do Brasil. Nesta sexta-feira (29), a TIM liberou o acesso à rede em três capitais: Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB) e Porto Alegre (RS). O lançamento da nova geração de redes móveis segue a liberação oficial da frequência de 3,5 GHz pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

TIM expande o 5G SA para mais cidades brasileiras (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)
TIM expande o 5G SA para mais cidades brasileiras (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

A estreia da rede nas três capitais dá sequência à liberação do 5G SA iniciada em Brasília (DF). No dia 5, a TIM anunciou o lançamento da sua rede na cidade, com uma ativação inicial de 100 antenas, a fim de cobrir 50% da capital federal. A operadora também previa a expansão para atingir 65% da população em dois meses.

Agora, é a vez de o serviço chegar em outras regiões. Seguindo a determinação da Anatel para a liberação da frequência de 3,5 GHz, a operadora iniciou a operação com pelo menos o dobro de antenas inicial exigido pelo regulatório em cada cidade. É o caso de Belo Horizonte (MG), cuja cobertura já atinge 70 bairros da capital mineira.

Os clientes de João Pessoa (PB) também poderão aproveitar a novidade. Ao todo, a operadora já oferece suporte ao novo serviço em 13 bairros. Em Porto Alegre (RS), os moradores da capital gaúcha poderão utilizar o 5G SA em 56 bairros, inicialmente.

“Depois de protagonizar o lançamento do 5G em Brasília, entregamos a primeira rede comercial Standalone do Nordeste, Sul e Sudeste, com uma cobertura que vai muito além do mínimo exigido”, disse Alberto Griselli, CEO da TIM Brasil.

Você poderá conferir a lista de bairros no final do texto.

Antena de 5G da TIM em João Pessoa (PB) (Imagem: Divulgação)
Antena de 5G da TIM em João Pessoa (PB) (Imagem: Divulgação)

5G vai custar R$ 20 adicionais por mês

Julho está chegando ao fim e o 5G SA já deu as caras em quatro capitais. Todavia, apesar da liberação, nem todos os clientes terão acesso à rede: a novidade só está disponível para planos pós-pago (TIM Black). Além disso, o acesso precisa ser habilitado pelo Meu TIM, em lojas físicas ou canais de atendimento da operadora.

A lista de exigências não para por aí. A ativação também depende da contratação de um pacote de internet de 50 GB, que custa R$ 20 ao mês. Felizmente, a TIM está oferecendo uma promoção de 12 meses para utilizar o 5G SA sem cobrança adicional.

“Nosso cliente perceberá a diferença na velocidade da navegação na internet durante seu dia a dia, especialmente aqueles que usam seu aparelho para serviços que trafegam maior volume de dados”, afirmou Paulo Esperandio, CMO da TIM. “Para estes perfis, desenvolvemos uma oferta especial que permitirá o acesso à rede 5G Standalone sem custos e com uma experiência inovadora.”

Você também precisa ter um celular compatível para usar a rede. É o caso de celulares da Samsung, como o Galaxy Z Flip 3, Galaxy S22 e Galaxy A73 5G, e da Motorola, como o Moto G200, Edge 30 e Moto G82. O iPhone 12 e 13 também têm suporte ao 5G, mas a Apple ainda precisa fazer uma atualização para liberar o 5G SA.

A TIM também ressaltou que os clientes não precisarão trocar de chip para utilizar a rede.

Em quais bairros já posso usar o 5G da TIM?

Em comunicado à imprensa, a TIM ofereceu uma lista de bairros que já possibilitam o acesso ao 5G SA. Confira a seguir:

CidadeBairros
Belo HorizonteAlímpio de Melo, Bandeirantes, Barreiro, Barro Preto, Barroca, Belvedere, Boa Viagem, Brasil Industrial, Buritis, Caiçara-Adelaide. Cardoso, Carlos Prates, Castanheira, Castelo, Cidade Jardim, Conjunto Pongelupe, Conjunto Teixeira Dias, Estoril, Floresta, Funcionários, Glória, Grajau, Gutierrez, Inconfidência, Independência, Jardim América, Lourdes, Luxemburgo, Madre Gertrudes, Manacás, Mangueiras, Mineirão, Monsenhor Messias, Nova Cintra, Nova Esperança, Nova Gameleira, Nova Granada, Nova Suíssa, Novo Santa Cecilia, Padre Eustáquio, Palmares, Santa Efigênia, Santa Helena, Santa Lúcia, Santa Mônica, Santa Terezinha, Santo Agostinho, São Cristóvão, São Gabriel, São Luís, Savassi, Senhor dos Passos, Serra, Sion, Solar do Barreiro e Tirol
João PessoaManaíra, Altiplano, Cabo Branco, Bessa, Brisamar, Centro, Ipes, Cidade Universitária, Jardim Luna, Jardim Oceania, Jardim Treze de Maio, Tambauzinho e Torre
Porto AlegreIndependência, Santana, Centro, Santa Tereza, Santo Antônio, Jardim Lindoia, Menino Deus, Cristo Redentor, Navegantes, Bom Jesus, Rubem Berta, Itu Sabará, Sarandi, Vila Ipiranga, Nonoai, Moinhos de Vento, Passo D´Areia, Partenon, Cidade Baixa, Humaitá, Maria Gorete, São Sebastião, Bela Vista, Auxiliadora, São Geraldo, Cavalhada, Cascata, Alto Petrópolis, Petrópolis, Boa vista, Floresta, Praia de Belas e Protásio Alves
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque