Notícias Computador

macOS Ventura: projeto quer levar sistema para Macs com mais de dez anos

OCLP, que levou Big Sur e Monterey para Macs sem suporte, enfrenta mudanças drásticas do macOS Ventura para driblar fim da compatibilidade

Giovanni Santa Rosa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Toda vez que a Apple lança uma nova versão de seus sistemas operacionais, alguns produtos ficam para trás e deixam de ser atualizados. Com o macOS 13 Ventura, não foi diferente: o Mac Pro “lixeira” e o primeiro MacBook com Touch Bar não vão receber o update. Um grupo de desenvolvedores, porém, está tentando garantir que estes computadores não cheguem ao fim da linha.

macOS 13 Ventura em Macs
macOS 13 Ventura em Macs (imagem: Divulgação / Apple)

Eles mantêm uma ferramenta chamada OpenCore Legacy Patcher, também conhecida como OCLP. Graças a ela, Macs antigos conseguiram receber o macOS 11 Big Sur e o 12 Monterey.

Com o macOS Ventura, vai ser mais difícil, mas eles conseguiram alguns progressos, como reativar o suporte do sistema aos processadores Ivy Bridge da Intel e até mais antigos, e a placas de vídeo ainda mais velha, como a do Mac Pro de 2008.

Mykola Grymalyuk, líder do projeto, porém, não arrisca um cronograma para uma versão estável, já que os programadores vão ter muito trabalho pela frente.

macOS Ventura em Macs antigos é um desafio

Como explica o Ars Technica, as versões anteriores do sistema não tinham tantos problemas para rodar nos computadores sem suporte oficial. As diferenças entre uma máquina compatível e outra não-compatível eram pequenas, e enganar o bootloader muitas vezes bastava. Agora, porém, está mais difícil.

A Apple vem acelerando o fim do suporte aos Macs com processadores Intel. O Ventura não é compatível com processadores mais antigos que a sétima geração da Intel Core, a Kaby Lake.

Além disso, a empresa removeu drivers e outros componentes do sistema operacional que eram necessários para os chips, como drivers de GPU da AMD e da Intel, compatibilidade com GPUs da Nvidia, suporte a USBs de modelos antigos e touchpads sem Force Touch e muito mais.

Isso não aconteceu nas versões anteriores. O Monterey, de 2021, não era compatível com vários computadores lançados entre 2012 e 2014 com processadores da terceira e da quarta geração da Intel (Ivy Bridge e Haswell, respectivamente).

Mesmo assim, ainda havia compatibilidade com o Mac Pro de 2013 (Ivy Bridge) e o Mac Mini de 2014 (Haswell). Então, era mais fácil adaptar o sistema para os outros computadores e criar ferramentas como a OCLP e a dosdude1.

O macOS Ventura trará novidades como o Stage Manager, que promete facilitar o multitarefas, continuidade em chamadas com o FaceTime, melhorias na busca do Spotlight e mais.

A expectativa é que o sistema, atualmente em fase beta, seja liberado para todos os usuários em outubro.

Com informações: Ars Technica, 9to5Mac.

Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque