Notícias Aplicativos e Software

Plano da Netflix com anúncios mira em 40 milhões de pessoas

Números apresentados pela empresa de streaming projetam "espectadores únicos", ou seja, não apenas os assinantes entram na conta

Ricardo Syozi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Com a intenção de voltar a crescer depois de perder espaço para outras plataformas como a Disney+, a Netflix está direcionando esforços para um plano com propagandas. A companhia planeja lançar sua versão mais barata e com anúncios no início de 2023, alcançando mais de 40 milhões de pessoas no processo, incluindo os brasileiros. Isso é o que ela afirmou em suas projeções para os futuros parceiros.

Netflix
Netflix (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Recentemente, executivos da Netflix e de sua parceira de propaganda, a Microsoft, entraram em contato com compradores de anúncios em potencial.

Durante a apresentação, as empresas projetaram um futuro promissor, no qual os números de assinantes e espectadores aumentariam exponencialmente. Com isso, as marcas seriam mais vistas e lembradas pelas pessoas.

Nas projeções iniciais, a companhia espera ganhar 4,4 milhões de novos usuários mundialmente até o fim de 2022. 1,1 milhão viria apenas dos EUA, enquanto o resto seria distribuído por outros países. A maior expectativa, contudo, é o crescimento de 44 milhões até o terceiro trimestre de 2023. O Brasil está nessa conta, ao lado de países como França, Canadá e Austrália.

É importante ressaltar que esses números representam espectadores únicos e não assinantes. Pois a Netflix entende que dentro de uma casa, há mais uma assinatura vigente sendo usada por duas ou mais pessoas.

Plano com anúncios ainda não está definido

A Netflix ainda não bateu o martelo de como o novo plano mais barato será introduzido aos clientes. Ela está avaliando constantemente o mercado, então qualquer projeção pode ser alterada no futuro.

Um porta-voz da empresa afirmou para o Wall Street Journal:

Ainda estamos nos primeiros dias decidindo como lançar um nível de preço mais baixo, suportado por anúncios e nenhuma decisão foi tomada.

Sendo assim, ainda estamos esperando por informações oficiais, mas alguns detalhes parecem ter vazado. Há relatos de que o preço desse modelo seria até 50% mais barato do que o padrão, de US$ 15,49 para algo entre US$ 7 ou US$ 9.

Além disso, o tempo de propaganda seria de quatro minutos por hora no pacote.

Ricardo Syozi

Repórter

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque