Procura por iPhone 14 é mais baixa e Apple repensa plano de aumentar produção

Meta da empresa era fabricar 6 milhões de unidades a mais que no ano passado; vendas dos iPhones 14 Pro parece bem e modelos veem crescimento na produção

Yan Avelino
Por

Ao que parece, o modelo mais básico do iPhone 14 não emplacou. Por isso, a Apple estaria planejando diminuir a produção do dispositivo — pelo menos é o que afirma uma nova reportagem da Bloomberg. O motivo da baixa procura seria o preço mais atrativo do iPhone 13, do ano passado, que é tão semelhante ao seu irmão mais novo a ponto do chip ser o mesmo.

iPhone 14 e iPhone 14 Plus
iPhone 14 e iPhone 14 Plus (Imagem: Reprodução / Apple)

A reportagem diz que “um aumento antecipado na demanda [do iPhone 14] não se materializou”, dessa forma a Apple estaria solicitando para que os fornecedores não produzissem mais o aparelho.

Segundo a fonte mencionada pela Bloomberg, a empresa teria planos de produzir 6 milhões de iPhones a mais que no ano passado, em que mandou fabricar 90 milhões de unidades. Agora, esse plano estaria descartado.

Ainda não há informações sobre a produção do iPhone 14 Plus. Isso porque, em alguns países, a Apple decidiu começar as vendas do modelo em 7 de outubro, um mês depois de seu anúncio.

Por outro lado, o cenário parece ser diferente quando falamos sobre a linha Pro. Na reportagem, a Bloomberg diz que a Apple teria pedido à Foxconn que aumentasse a produção do iPhone 14 Pro em 10%.

Isso, claro, teria algum fundamento, haja vista que foi nesses modelos em que a gigante de Cupertino realizou as principais mudanças. Os diferenciais da linha 14 Pro são a Dynamic Island, um conjunto de câmeras poderoso, com uma lente de 48 MP, um processador novo e o Always-On Display.

iPhones 14 agora são fabricados também na Índia

Nesta semana, a Apple anunciou a transferência de produção dos iPhones 14 da China para a Índia. O objetivo da empresa, segundo alguns analistas, é diversificar sua cadeia de produção.

Esse comunicado marcou uma mudança fundamental na estratégia de fabricação de seus produtos, tendo em vista que, na China, os frequentes lockdowns relacionados à COVID-19 têm feito diversas fábricas pararem.

Em entrevista ao CNN Business, Tarun Pathak, diretor de pesquisa da Counterpoint, disse que a produção dos aparelhos na Índia aconteceu mais cedo neste ano. Segundo ele, a empresa normalmente começa a fabricar as unidades no país cerca de sete a oito meses depois do lançamento.

A transferência não é total, vale ressaltar. Inicialmente, espera-se que as fábricas indianas produzam apenas modelos de iPhone 14 e 14 Plus, cobrindo só 5% da produção para a empresa (cerca de 1 milhão de unidades por mês).

Com informações: Bloomberg, TechCrunch

Relacionados

Relacionados