Duolingo vai às compras pela primeira vez e adquire estúdio de animação

Após anos de parceria, estúdio Gunner se junta ao aplicativo de educação, reafirmando seus investimentos na área de ilustração e animação

Paula Alves
Por

A arte transforma. E o Duolingo parece saber disso. Na última terça-feira (4), o popular app de educação confirmou ter adquirido a sua primeira startup, o estúdio de animação Gunner. Apesar da notícia inesperada, investimentos na área de ilustração não são uma novidade na plataforma, conhecida por trabalhar recursos visuais que ajudem seus usuários durante o aprendizado.

Duolingo prepara abertura de capital (Imagem: Divulgação/Duolingo)
Duo, a coruja mascote do Duolingo (Imagem: Divulgação/Duolingo)

Com uma parceria que já vem de longa data, o Gunner, estúdio com sede em Detroit, nos EUA, já havia trabalhado com o Duolingo em vários de seus produtos.

Além do aplicativo principal e do seu app voltado para crianças, o Duolingo ABC (disponível apenas em inglês), o estúdio também havia contribuído em campanhas de marketing da plataforma.

Com a entrada no portfólio do Duolingo, seus 15 profissionais, entre designers, ilustradores e animadores, serão totalmente integrados à rede de aprendizado móvel. Uma equipe que, de acordo com a página do estúdio na web, carrega em seu currículo trabalhos desenvolvidos para empresas como Google, Etsy, Spotify, Amazon e Dropbox.

Animações trazem engajamento para o app

Os investimentos do Duolingo na área de ilustração e animação não são à toa. Segundo o aplicativo, são esses recursos visuais que ajudam a manter os alunos motivados e a construir uma marca reconhecida globalmente.

Além disso, no caso específico da aquisição do Gunner, há um propósito bem definido: ajudar a plataforma a impulsionar o engajamento de aprendizado.

Como funciona o Duolingo for Schools? [Para Escolas] (Imagem: Reprodução / Duolingo)
Animações do Duolingo for Schools [Para Escolas] (Imagem: Reprodução / Duolingo)

De acordo com Luis von Ahn, co-fundador e CEO do Duolingo, a animação já faz parte da história da empresa, estando entrelaçada tanto com a construção do seu mascote, a popular coruja Duo, quanto com sua contribuição para tornar o app um hábito diário.

“Sabemos que a coisa mais difícil de aprender um idioma, ou qualquer assunto novo, é manter a motivação e, por isso, é que tornamos o Duolingo divertido. […] Arte e animação são fundamentais para a marca Duolingo, e nós as usamos para ajudar a tornar o Duolingo um hábito diário amado na vida de milhões de alunos”, enfatiza.

Duolingo deve adquirir mais empresas

Ao que parece, no entanto, o Duolingo não pretende parar por aí.

Ainda que os investimentos em animação agreguem valor e reflitam em uma melhor experiência do usuário na plataforma, existem outros segmentos nos quais o aplicativo está de olho.

Segundo o TechCrunch, o diretor de negócios do Duolingo, Bob Meese, não apenas confirmou que no futuro a plataforma tem interesse em adquirir mais empresas para o seu portfólio, como também já cantou a bola de em quais segmentos elas devem se enquadrar.

De acordo com Meese, além de estúdios como o Gunner, que agregam em recursos tecnológicos, o Duolingo também pensa em investir em empresas que trabalham com aprendizado de idiomas, além de outras verticais de educação.

Com informações: Duolingo

Relacionados

Relacionados