Foxconn, fabricante de iPhones, está ansiosa para produzir carros da Tesla

Empresa taiwanesa, que apresentou novo protótipo de carro elétrico na semana passada, tem planos ambiciosos para mercado de elétricos

Felipe Freitas
Por

Se você é fã de tecnologia, deve conhecer a Foxconn, sediada em Taiwan, como a fabricante de produtos da Apple. Porém, há algum tempo a empresa taiwanesa vem apresentando seus protótipos de veículos elétricos. E a Foxconn tem grandes planos: fabricar os carros da Tesla.

Foxconn Model V (Imagem: Divulgação/Foxconn)
Foxconn Model V (Imagem: Divulgação/Foxconn)

Nesta terça-feira (18), a fabricante de eletrônicos realizou o HHTD, evento anual onde apresenta novos produtos e seus futuros projetos. O CEO da empresa, Liu Young, está confiante nos planos da Foxconn em fabricar EVs para as grandes montadoras.

Olha, Elon! Sem as mãos!

A Foxconn, que é a maior fabricante de eletrônicos do mundo, vem ampliando a sua presença na fabricação de carros elétricos há algum tempo.

Entre as medidas tomadas para ingressar neste mercado estão uma joint-venture com a Yulon (montadora taiwanesa), fabricando os EVs da marca; aumento da produção da picape elétrica da americana Lordstown Motors e desenvolvimento de tecnologias em conjunto com a Stellantis, montadora formada pela fusão entre a Fiat Chrysler e Peugeot.

Esses esforços, somados aos seus protótipos elétricos, servem não apenas como uma maneira de lucrar e pagar as contas, mas também como uma propaganda das suas capacidades — e Liu Young espera que o dono da Tesla esteja observando.

Foxconn Model V (Imagem: Divulgação/Foxconn)
Foxconn Model V (Imagem: Divulgação/Foxconn)

Para a Financial Times, Young comentou que considera muito provável que a Foxconn atinja a sua meta de conquistar 5% do mercado de carros elétricos até 2025, o que equivale a US$ 31 bilhões em receitas. 

“Nosso portfólio de cinco EVs nos últimos 24 meses serve para mostrar aos nossos atuais e futuros clientes que somos capazes de desenvolver e construir EVs que são bonitos e seguros”, disse Young, reiterando que a empresa não quer competir com as montadoras. “A Foxconn não está no mercado para vender sua própria marca de EVs. Eu espero um dia produzir carros da Tesla para a própria Tesla”, afirmou um bem esperto Young.

Apesar da queda nas vendas no segundo trimestre de 2022, a montadora de Elon Musk continua como a maior fabricante de carros elétricos no mundo. A Tesla vendeu 564.743 EVs só na primeira metade do ano —  a chinesa BYD vendeu mais carros no mesmo período, um total de 638.157, mas 314.638 veículos eram híbridos plug-in.

Young já arrastou o Musk para a direita. Agora está só esperando o match.

Com informações: Financial Times e The Verge

Felipe Freitas

Repórter

Jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor — ou mais prático. Tem certeza que o futuro é elétrico e dobrável. Iniciou no jornalismo aos 16 anos, cobrindo MMA para o MMA Brasil.

Relacionados

Relacionados