Suporte dos Galaxys A52s e A53 abandonado pela Samsung? As discussões na Comunidade do TB

Aumento do preço do YouTube Premium e uma prévia de um possível Windows 12 também foram alguns dos destaques da semana

Victor Toledo
Por

Toda semana uma série de tópicos são criados no fórum do TB com questões que deixam nossos leitores curiosos. É possível usar um roteador como repetidor? Como sair de uma operadora sem pagar multa? Confira, nas linhas a seguir, tudo que rolou de importante na Comunidade entre 15 e 21 de outubro.

Capa do TB Comunidade. Uma pessoa está segurando um celular ao lado dos dizeres "Galaxys A52s e A53 abandonados pela Samsung?"
Confira os destaques da semana (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Um tópico criado pelo Igor Costa levantou uma questão interessante sobre alguns dos aparelhos da Samsung. Estaria a empresa abandonando modelos como o A52s e A53 no Brasil?

A dúvida do leitor tem relação com a falta de atualizações oferecidas pela fabricante sul-coreana em solo nacional. Ainda de acordo com Igor, há também uma série de reclamações de outros clientes sobre o assunto no Samsung Members.

Bom, esses dois smartphones do título foram aparentemente abandonados pela Samsung Brasil, no Samsung Members existem dezenas de reclamações, estão há quase 4 meses sem receber atualizações no Brasil, a empresa só dá respostas genéricas de script, fui banido 2 vezes e minhas postagens a respeito da reclamação das atts no Members foram excluídas, numa tentativa da empresa de censurar minhas críticas, o atendimento de todos os canais não sabem de nada, apenas mensagens genéricas, o atendimento telefônico desliga na nossa cara quando começamos a contar a reclamação.

Eu agradeceria muito, muito mesmo se aqui fizessem uma matéria expondo essa situação da Samsung Brasil, que negligência updates por tanto tempo e censura os clientes que criticam em sua comunidade.
Além do mais, A52s 5G e A53 são homologados para funcionar 5G SA, porém os aparelhos não conectam nessas redes, e a Samsung também não libera atualização para corrigir, um enorme descaso e desrespeito com nós clientes brasileiros.
O cronograma de atualização da Samsung não está sendo cumprido, é uma grande mentira, não é válido pro Brasil, aparentemente.
Comentário de Igor Costa na Comunidade do TB (Imagem: Reprodução)

Em resposta à questão levantada pelo usuário, o membro Anderson Antônio afirmou ser comum as fabricantes adiarem ou negarem updates em smartphones intermediários. Além disso, caso o celular esteja vinculado a uma das operadoras de telefonia móvel, é provável que isso aconteça.

Outros usuários recomendaram abrir reclamações em sites como Reclame Aqui! e consumidor.gov, por exemplo. Justamente para ter mais explicações da marca.

No geral, os smartphones seguem um calendário de atualizações ao longo do ano. Em alguns casos, esses updates podem atrasar por conta de correções de bugs e problemas que as atualizações podem trazer a alguns consumidores.

Para saber mais sobre o assunto, e também participar dos debates, acesse o tópico na Comunidade do TB. Seu comentário é sempre bem-vindo.

Abaixo, confira outros assuntos que bombaram na semana.

Outros tópicos que repercutiram na Comunidade

Lâmpada da Multilaser, Fita de LED, multa de operadora móvel e mais. Acesse os tópicos abaixo para entender melhor como foi a última semana na Comunidade do TB.

  1. Fita LED não “muda” de cor?
  2. Posso usar um roteador como repetidor?
  3. Em quais situações eu posso sair da operadora sem pagar multa?
  4. Lâmpada inteligente da Multilaser ligando sozinha?

Além das discussões propostas pelos membros, nossa equipe de autores produz matérias que também rendem debates.

Veja, a seguir, as discussões que mais fizeram sucesso.

As 5 melhores discussões sobre pautas do Tecnoblog

  1. Cliente tem conta invadida e PicPay orienta a procurar o CVV para ajudá-la
  2. Microsoft revela prévia mais moderna do Windows 11… ou do futuro Windows 12
  3. YouTube aumenta preço do Premium família; assinatura fica 10% mais cara no Brasil
  4. Kanye West, que acusa Meta e Twitter de “censura”, compra rede social Parler
  5. Eu quero a internet de fibra do Google com até 8 Gb/s de download e upload

A matéria que mais rendeu discussão nesta semana foi uma orientação dada pelo PicPay a uma cliente. A história é a seguinte:

Em conversa com o Tecnoblog, a cliente explicou que teve sua conta acessada indevidamente por outra pessoa em setembro. Depois, o invasor fez uma transferência e realizou a mesma transação outras vezes seguidas, levando todo seu dinheiro.

PicPay
PicPay (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Após descobrir o problema, Maira — a cliente — entrou em contato com o PicPay imediatamente e seguiu as recomendações da empresa. No entanto, após não conseguir resolver o problema — e entrar em contato novamente com a fintech –, foi surpreendida com a seguinte mensagem:

“Para auxiliá-la nesse momento, te orientamos a entrar em contato com o Centro de Valorização da Vida (CVV)”, disse o comunicado do PicPay à usuária. Em seguida, o e-mail da instituição financeira informou o número de telefone da associação que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio.

Para saber mais detalhes sobre essa história, acesse a matéria apurada e produzida pelo Bruno Gall De Blasi.

Outra notícia que mexeu com os usuários foi o aumento de 10% no preço do plano família do YouTube Premium.

O comunicado foi enviado a um repórter do Tecnoblog por volta de 15h30 da última quinta-feira (20). No e-mail, o YouTube informa que o preço do plano família do Premium terá um acréscimo. A alteração está prevista para entrar em vigor nos ciclos de faturamento a partir de 21 de novembro de 2022.

Plano família do YouTube Premium tem aumento de quase 10% na mensalidade (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Plano família do YouTube Premium tem aumento de quase 10% na mensalidade (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Os motivos da alteração não foram revelados. Mas a plataforma de streaming informou que o preço vai sair de R$ 31,90 para R$ 34,90 ao mês. Ou seja, um aumento de 9,4%. O texto completo também foi produzido pelo Bruno.

Por hoje é só, pessoal! Esses foram os assuntos mais comentados da semana. Não deixem de acompanhar o Tecnoblog e participem das discussões na Comunidade.

Relacionados

Relacionados