Já baixou o e-Título? Prazo para emitir o documento digital acaba neste sábado (29)

Segundo turno das Eleições 2022 acontece no próximo domingo, mas aplicativo só emite o título de eleitor digital até o dia anterior

Paula Alves
Por

Às vésperas do segundo turno das Eleições 2022, que acontece no próximo domingo (30), muitas pessoas pretendem usar o e-Título, versão digital do título de eleitor, para registrar seu voto. O problema é que o eleitor que deixar para baixar o aplicativo no dia das urnas vai se deparar com um problemão: o e-Título só pode ser emitido até sábado, dia 29 de outubro!

Aplicativo e-Título (Imagem: Divulgação/TSE)
Aplicativo e-Título (Imagem: Divulgação/TSE)

Para evitar transtornos, é aconselhável, portanto, baixar o e-Título o quanto antes e já se cadastrar no aplicativo. O cadastro é gratuito e pode ser feito por qualquer cidadão brasileiro para que ele tenha acesso a uma via digital do seu título de eleitor.

Além de poder usar o e-Título na hora de votar, o aplicativo também permite que o usuário descubra seu local de votação e consulte suas informações junto à Justiça Eleitoral.

Outro ponto que vale ressaltar é que o título impresso continua a ser aceito normalmente nos locais de votação, mas, para poder votar com ele, é necessário apresentar um documento com foto (como RG ou carteira de motorista).

Quem pode votar nas eleições?

No Brasil, o voto é obrigatório para os cidadãos entre os 18 e 70 anos de idade e facultativo (ou seja, pode ou não ser feito, à escolha do próprio eleitor) para pessoas analfabetas, jovens com 16 ou 17 anos e pessoas com mais de 70 anos. Há, no entanto, outros casos em que um cidadão pode ter seu voto facultativo.

Vale lembrar, porém, que caso você se encaixe nos casos de obrigatoriedade, mas não deseje votar em nenhum candidato, pode optar pelo voto em branco. Se faltar do pleito, por qualquer motivo, ainda haverá um prazo para justificar a ausência, antes que o título seja cancelado.

Outro ponto a ser destacado é que eleitores que não votaram no primeiro turno podem votar no segundo, mesmo que ainda não tenham justificado sua ausência. Os turnos da eleição são considerados independentes tanto para o voto quanto para a sua justificativa.

Urna Eletrônica (Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE)
Urna Eletrônica (Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE)

Como descobrir onde votar

Se o seu problema é descobrir em que local deve votar, saiba que o endereço da sua zona eleitoral pode ser consultado de várias maneiras. Além do próprio e-Título já citado, o eleitor também pode fazer essa pesquisa seguindo alguns passos simples no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), órgão máximo da Justiça Eleitoral.

Caso prefira, ele também pode descobrir o endereço por meio do seu título de eleitor do site do TSE ou via WhatsApp.

Como acompanhar a apuração

Por fim, após a votação, para conferir se o seu candidato foi eleito ou não, e ficar por dentro de quem foi escolhido para presidente da república e governador – caso no seu estado essa votação também tenha ido para o segundo turno – vale a pena acompanhar a apuração das Eleições 2022. Isso pode ser feito em tempo real pelo aplicativo “Resultados”, ferramenta oficial do TSE.

Relacionados

Relacionados