Primeiro serviço de passagem de trem com QR Code chega ao WhatsApp

Segundo a Meta, Índia tem 400 milhões de usuários da plataforma e é o primeiro país a receber a novidade, mas opção existe no Brasil desde 2020

Ricardo Syozi
Por

Oferecendo cada vez mais opções para seus usuários, o WhatsApp anunciou que está liberando a aquisição de passagens de trem e recarga de passes de viagem através do aplicativo. A primeira cidade a receber a novidade é Bengaluru na Índia. Segundo a Meta, o “serviço de compra de bilhetes desse tipo por QR Code no app é inédito e fará uso de chatbot”.

QR Code funcionando como ticket (Imagem: Unsplash / Claudio Schwarz)
QR Code funcionando como ticket (Imagem: Unsplash / Claudio Schwarz)

A nova opção é fruto da parceria entre a corporação das linhas de metrô de Bangalore (BMRCL) e o WhatsApp. Eles anunciaram que a partir da segunda-feira (31), os usuários já podem comprar as passagens ao conversar com o chatbot no mensageiro.

De acordo com Abhijit Bose, líder da plataforma de mensagens na Índia:

Este é mais um grande exemplo de como as organizações de todos os setores, desde o maior serviço de transporte até o menor negócio de varejo, podem transformar a experiência de seus clientes usando o aplicativo.

O diretor executivo do BMRCL, A.S. Shankar, disse que “é um momento de muito orgulho ser a primeira linha de trânsito mundialmente a lançar o serviço de passagens por QR Code no WhatsApp”.

Como a compra de passagens de trem pelo WhatsApp funciona

O recurso está disponível tanto em inglês quanto na língua canaresa, a principal usada na regional indiana. Assim, o usuário precisa apenas mandar um “Hi” para o número oficial do chatbot.

Em seguida, uma mensagem automática surge, oferecendo opções como bilhetes pelo código, informação e recargas de passes, verificação de horários e preços, etc.

whatsapp chatbot índia
Exemplo do chatbot em Bangalore, Índia (Imagem: Reprodução / Techcrunch)

Durante a interação com o robô, o indivíduo deve selecionar o que lhe interessa e realizar qualquer pagamento por UPI (interface de pagamentos unificada). Por fim, o QR Code é gerado, podendo ser apresentado e escaneado.

Meta afirma que Índia é a primeira, mas Brasil já oferece a opção

O WhatsApp considera o país da Ásia Meridional como o seu maior mercado global, com mais de 400 milhões de usuários. Dessa forma, a Meta afirmou que esse recurso é o primeiro de sua categoria, mas não é bem assim.

Desde dezembro de 2020, a plataforma TOP permite que os brasileiros, em especial os paulistas, realizem compras de bilhetes digitais através do mensageiro. Para isso, basta enviar uma mensagem para o número (11) 3888-2200 e solicitar atendimento.

A partir daí, um chatbot iniciará uma conversa, disponibilizando opções para a aquisição de passagens via Pix. Ele é entregue à pessoa por QR Code, que pode ser usado para acessar os trens e metrôs.

Pode ser que a Meta considere a versão indiana como a “primeira” por ser uma parceria mais estratégica, contudo, a marca podia ter mencionado a versão nacional da ferramenta.

Vale lembrar que o app é extremamente popular no Brasil, algo que ajudou a introduzir diversos serviços que antes pediam por um aplicativo separado. Há restaurantes que oferecem cardápios de delivery completos, assim como empresas que têm catálogos de seus produtos pela plataforma. Também é possível enviar e solicitar pagamentos pelo WhatsApp.

Com informações: TechCrunch.

Relacionados

Relacionados