Vendas de Macs devem cair até 2023 enquanto MacBook Pro com M2 não chega

Para CFO da Apple, vendas tendem a "cair substancialmente" em dezembro; novo MacBook Pro de 14 e 16 polegadas com Apple M2 só deve ser lançado em 2023

Bruno Gall De Blasi
Por

A divisão de computadores da Apple pode enfrentar dificuldades até o ano que vem. Segundo a fabricante no anúncio do seu relatório financeiro, as vendas de Macs estão cotadas a “cair substancialmente” em dezembro. O próximo MacBook Pro com Apple M2, que só deve ser lançado em 2023, está entre as causas da redução esperada.

MacBook Pro com M1 Max só deve ganhar sucessor no ano que vem (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
MacBook Pro com M1 Max só deve ganhar sucessor no ano que vem (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Os detalhes partem do anúncio feito na semana passada. Ao anunciar os resultados do terceiro trimestre de 2022, o CFO da Apple, Luca Maestri, afirmou que a receita da empresa com computadores pode sofrer uma redução significativa em dezembro. O motivo? A ausência de novos MacBooks Pro.

Caso não esteja a par, era esperado que a Apple apresentasse novos computadores ainda neste ano. O rumor era voltado ao MacBook Pro mais encorpado, que ganhou a sua última atualização no fim do ano passado com o Apple M1 Pro e M1 Max. Além disso, o computador ganhou um polêmico notch, assim como no iPhone.

A Apple, no entanto, adiou o lançamento. 

Tim Cook apresentou o MacBook Pro de entrada com Apple M2 na WWDC 2022 (Imagem: Divulgação / Apple)
Tim Cook apresentou o MacBook Pro de entrada com Apple M2 na WWDC 2022 (Imagem: Divulgação / Apple)

MacBook Pro com Apple M2 só deve chegar em 2023

A possível confirmação parte do próprio Tim Cook. Na semana passada, o CEO da Apple disse aos analistas que a linha de produtos para as festas de fim de ano já está definida. Mark Gurman, da Bloomberg, observou algo similar na newsletter dominical Power On.

Segundo o jornalista, os MacBooks Pro de 14 e 16 polegadas só devem ser anunciados no primeiro trimestre de 2023. Ou seja, possivelmente em março, já que a Apple raramente apresenta novos produtos em janeiro e fevereiro. Os computadores ainda podem ser lançados ao lado do novo Mac Studio, além do iOS 16.3 e macOS 13.3.

Gurman, porém, não é o único a falar em adiamento. Conforme apontado pelo 9to5Mac, o leaker yeux1122 também afirmou que os notebooks só serão revelados no começo do ano que vem. Ou seja, caso os rumores se confirmem, não teremos computadores com os esperados Apple M2 Pro e M2 Max em 2022.

Apple teve um aumento nas vendas de computadores no segundo trimestre de 2022 (Imagem: Divulgação / Apple)
Apple teve um aumento nas vendas de computadores no segundo trimestre de 2022 (Imagem: Divulgação / Apple)

Apple cresceu enquanto a indústria de PCs caiu

O fim do ano é importante para qualquer fabricante. Além da Black Friday, dezembro consolida muitas vendas durante o Natal. Não à toa, já experimentei uma demora absurda para ativar um iPhone em um 25 de dezembro. Afinal, estava todo mundo habilitando algum produto da Apple ao mesmo tempo neste dia.

Mas a Apple não tem muito o que lamentar. Segundo a Counterpoint Research, no segundo trimestre de 2022, o mercado de PCs sofreu uma redução de quase 15% em todo o mundo. A Apple, no entanto, foi a única exceção: a companhia teve um crescimento de 7% nas vendas em relação ao período homólogo do ano passado. 

A explicação parte de um lançamento ocorrido na WWDC 2022. No evento, a empresa revelou o novo MacBook Air com design remodelado e, claro, o Apple M2 convencional. A coletiva foi palco para uma nova geração do MacBook Pro de entrada, que também embalou o sucessor do Apple M1 no seu interior.

Com informações: 9to5MacEngadget e Power On (Bloomberg)

Relacionados

Relacionados