Amazon Music pula de 2 milhões para 100 milhões de músicas no catálogo do Prime

Catálogo do Amazon Music Unlimited foi expandido para os assinantes do Prime, tornando a plataforma da Amazon ainda mais competitiva

Paula Alves
Por

O Amazon Music Prime cresceu e não foi pouco. O streaming de músicas da Amazon, incluso na assinatura Amazon Prime, recebeu o extenso conteúdo do Amazon Music Unlimited pulando de 2 milhões para 100 milhões de músicas em seu catálogo. Além das vastas adições, o serviço também anunciou novidades para seus podcasts e o lançamento de um recurso que facilita a escolha do próximo programa do ouvinte.

Amazon Music pula de 2 milhões para 100 milhões de músicas em seu catálogo / Divulgação / Amazon
Novos podcasts do Amazon Music (Imagem: Divulgação / Amazon)

Apesar do enorme salto, as novas músicas do Amazon Music Prime continuam sem anúncios, podendo ser ouvidas apenas em reproduções aleatórias de playlists ou álbuns.

O mesmo crescimento aconteceu entre os podcasts, que se mostraram ser outra grande aposta da plataforma e ganharam novos títulos exclusivos, como os programas Baby, this is Keke Palmer, MrBallen Podcast: Strange, Dark & Mysterious Stories e Killer Psyche Daily; I Hear Fear.

Além disso, foi anunciado que esses shows e os principais podcasts da plataforma não contarão com anúncios durante sua reprodução, o que libera o espectador para ouvir os programas da CNN, ESPN e The New York Times, por exemplo, livres de qualquer interferência.

Amazon Music (Imagem: Divulgação/Amazon)
Amazon Music (Imagem: Divulgação/Amazon)

Por fim, a Amazon também compartilhou que o Amazon Music Prime vai ter uma ligeira mudança de visual, graças a introdução do recurso Podcast Previews. A ferramenta possibilita que o usuário ouça trechos especiais do podcast durante a navegação, de modo a ter uma pequena pílula daquele conteúdo para decidir se vale a pena ou não ouvi-lo.

Amazon Music acirra disputa entre plataformas

O enorme crescimento do Amazon Music Prime significa que, agora, até mesmo a versão disponível para assinantes Prime da plataforma entrou na disputa dos streamings de música de maior catálogo. Mais precisamente, no primeiro lugar, onde divide o posto com o Apple Music, que recentemente também bateu a marca dos 100 milhões.

Na sequência aparece o Deezer, com 90 milhões, e o Spotify, que apesar de ser atualmente o serviço mais popular do mundo, conta com “apenas” 80 milhões de canções em sua plataforma.

Como criar uma playlist no Amazon Music / Foto de Kaboompics .com no Pexels
Celular com fone de ouvido (Imagem: Foto de Kaboompics .com no Pexels)

Diferente do Amazon Music Unlimited, que custa R$ 16,90 /mês e dá direito apenas ao uso do próprio serviço, o Amazon Music Prime se destaca no cenário por estar incluso no pacote Amazon Prime.

Pelo valor de R$ 14,90 / mês, o pacote dá acesso também ao Prime Video (streaming de filmes e séries) e o Prime Reading (catálogo com mais de mil e-books). Isso, além do acesso a ofertas exclusivas no site da Amazon e frete grátis em produtos selecionados.

Somado à introdução de podcasts sem anúncios, esses diferenciais tornam a corrida entre os streamings ainda mais acentuada. Afinal, desde que introduziu um novo modelo de publicidade, o Spotify vem sendo alvo de críticas por exibir anúncios em seus podcasts, mesmo para assinantes que pagam o plano premium da plataforma.

Com informações: Amazon

Relacionados

Relacionados