Plano da Netflix com anúncios desembarca no Brasil, mas não é para todo mundo

Assinatura mais barata pode ser contratada por novos usuários ou atuais clientes que queiram diminuir seus gastos com streaming

Paula Alves
Por

O plano “Básico com anúncios” da Netflix já está entre nós. Custando R$ 18,90 / mês, ele foi liberado nesta quinta-feira (3), às 13h, na plataforma. Destinado aos usuários que desejam assinar a Netflix por um valor mais barato, sem se importarem com a veiculação de anúncios, ele é uma tentativa do streaming de aumentar e fidelizar seu número de assinantes. Contudo, alguns dispositivos são incompatíveis com o plano.

Netflix
Netflix (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Já disponível no Brasil e em outros 11 países (Alemanha, Austrália, Canadá, Coreia, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão, México e Reino Unido), o novo plano da Netflix chega após muitas especulações e um anúncio oficial no mês passado.

O plano da Netflix com anúncios vai funcionar dessa forma: antes e durante a reprodução dos filmes e séries, haverá um intervalo para exibição das propagandas. Essa pausa pode durar entre 4 a 5 minutos com publicidades de 15 ou 30 segundos. Depois de um bloco de anúncios, outro será exibido após uma hora de reprodução.

Apesar disso, os assinantes do novo plano não serão afetados em sua experiência do Netflix Games, que continua gratuito e sem anúncios para qualquer conta paga do serviço. O mesmo acontece com os programas para crianças da plataforma, que se estiverem sendo vistos por um perfil infantil, também estarão livres de propagandas.

Com qualidade de 720p, há, no entanto, algo que pode desagradar novos assinantes ou antigos pagantes que queiram aliviar seus gastos com streaming e mudar para uma assinatura mais barata: o catálogo da Netflix não estará completo na versão “Básico com anúncios”.

Segundo a empresa, isso se dá devido às restrições de licenciamento de algumas produções, mas a Netflix promete estar trabalhando para contornar o problema.

Na prática, isso significa que ao abrir o streaming, usuários do novo plano devem se deparar com alguns conteúdos que possuem o símbolo de cadeado, o que os impede de serem acessados.

Outro ponto não muito bem-vindo do pacote é a retirada do botão de downloads de filmes e séries, opção que nesta versão não estará disponível para nenhum dos assinantes. Com isso, os planos atuais da Netflix se encontram dessa forma:

Básico com anúnciosBásicoPadrãoPremium
Preço (mensal)R$ 18,90R$ 25,90R$ 39,90R$ 55,90
QualidadeBoaBoaMelhorSuperior
Resolução720p720p1080p4K + HDR

Plano não é compatível com todos os dispositivos

Como fui afetada pelo Fear of Missing Out durante a pandemia / Pexels / Foto de cottonbro
Séries em destaque no catálogo da Netflix (Imagem: Foto de cottonbro / Pexels)

Apesar de inicialmente ter sido veiculado que o “Básico com anúncios” poderia ser acessado em qualquer dispositivo, a Central de Ajuda da Netflix parece não dizer o mesmo. Segundo a página, há algumas restrições que valem a pena ser conhecidas por quem pretende assinar o plano.

Nos dispositivos mobile, por exemplo, só poderão acessar a plataforma com esse tipo de assinatura usuários que tiverem aparelhos com Android 7 ou superior ou com iPad, iPhone e iPod touch com iOS 15 ou superior.

O mesmo não acontece com assinantes que queiram assistir ao streaming pelo aplicativo da Netflix para Windows, com Chromecast ou Chromecast Ultra, na Apple TV e no PlayStation 3.

Em todas essas situações, ao tentarem acessar os dispositivos com seu plano “Básico com anúncios”, o usuário será informado da falta de compatibilidade do aparelho. Ele então será convidado a utilizar outro dispositivo ou fazer um upgrade do seu plano de assinatura.

Com informações: FlatpanelsHD

Relacionados

Relacionados