Motorola MA1, para usar o Android Auto sem o cabo USB, chega ao Brasil

Adaptador para veículos custa R$ 899 e está a venda no site da fabricante; produto foi aprovado na Anatel em julho

Felipe Freitas
Por

A Motorola anunciou o lançamento do seu adaptador MA1 para o mercado brasileiro. O dispositivo, um dongle para veículos, permite que o Android Auto seja usado em carros sem conectar o smartphone ao painel. A praticidade não chega barata — o Motorola MA1 custa R$ 899.

Adaptador Motorola MA1 (Imagem: Divulgação/Motorola)
Adaptador Motorola MA1 (Imagem: Divulgação/Motorola)

Neste ano, o Google descontinuou o aplicativo do Android Auto para smartphones. Entretanto, você ainda pode gerenciar o programa através do assistente de voz do Google. O adaptador resolve o problema de parear o smartphone com o um cabo conectado ao sistema multimídia do veículo.

Como usar o Motorola MA1

Certo, você não precisa de um cabo para sincronizar o seu celular ao Android Auto do veículo. Contudo, ainda é necessário conectar o adaptador Motorola MA1 com um fio — a vantagem é que o dongle mede apenas 14 cm.

Após conectar o Motorola MA1 ao painel do veículo, o dispositivo funcionará como uma “ponte” bluetooth entre o carro e o smartphone. Pareando o celular ao adaptador, o usuário pode utilizar os comandos de voz Google Assistente para realizar diversas ações no Android Auto.

O adaptador MA1 é compatível com a faixa de Wi-Fi 5 GHz para Android Auto Wireless. O dongle também pode ser utilizado com qualquer marca de smartphone — não é necessário usar um celular Motorola. 

Porém, antes de comprar o adaptador MA1, o usuário precisa verificar a compatibilidade do smartphone e do carro com o Android Auto. Pelo preço de R$ 899, não é nada agradável comprá-lo e só depois perceber que há uma incompatibilidade entre os dispositivos. 

Adaptador Motorola MA1 (Imagem: Divulgação/Motorola)
Adaptador Motorola MA1 (Imagem: Divulgação/Motorola)

Google encerrou Android Auto para smartphones

Em junho deste ano, o Google encerrou o Android Auto para os smartphones com Android 11 ou superior, mantendo apenas a versão para painéis de veículos. Alguns celulares com versões antigas do sistema operacional ainda rodam o app. Entretanto, usuários dessas versões relatam que receberam uma notificação informando que o Android Auto não terá mais suporte em seus celulares.

Com informações: 9to5 Google

Relacionados

Relacionados