Galaxy S23 chega em fevereiro e modelo básico terá bateria maior

Próximo topo de linha da Samsung terá Snapdragon em todas as regiões; versão S23 Ultra contará com sensor de 200 MP

Felipe Freitas
Por

A Samsung tem um histórico de não segurar as informações sobre seus smartphones topo de linha. Nesta semana, o Galaxy S23, próximo modelo premium da sul-coreana, foi homologado na FCC (órgão regulador de telecomunicações nos Estados Unidos). Além disso, cresce a especulação de que o smartphone será lançado no dia 15 fevereiro de 2023.

Possível Galaxy S23 Ultra (Imagem: Reprodução/SmartPrix/OnLeaks)
Possível Galaxy S23 Ultra (Imagem: Reprodução/SmartPrix/OnLeaks)

O próximo Galaxy Unpacked, de acordo com diversos rumores, será um evento presencial — o primeiro desse tipo desde 2020. A cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, é cotada como sede do primeiro Galaxy Unpacked de 2023. Veja a seguir o que já se sabe sobre a série Galaxy S23.

Galaxy S23: Snapdragon hoje, Snapdragon amanhã…

Snapdragon para quase sempre! Todos os modelos da série Galaxy S23 serão equipados com SoCs Snapdragon 8 Gen 2 — em todo o mundo. 

O rumor sobre o hardware começou a ganhar força em julho, alguns meses depois dos casos de throttling da linha Galaxy S22. Um vazamento aqui e um leaker reforçando a proposta acolá, a confirmação veio sem querer da própria Qualcomm, fabricante dos chips Snapdragon.

Akash Palkhiwala, CFO da Qualcomm, divulgou em uma reunião com investidores que a empresa terá a fatia global dos processadores do Galaxy S23. Atualmente, como 75% dos smartphones Galaxy S22 são equipados com o SoCs Snapdragon. Na Europa, a Samsung utiliza os chips Exynos 2200. A interpretação da fala de Palkhiwala é uma: a Qualcomm equipará todos os Galaxy S23 com seus Snapdragon. E melhor, com uma versão “exclusiva” para a sul-coreana.

Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2
Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2 equipará o Galaxy S23 no mundo todo (Imagem: Giovanni Santa Rosa / Tecnoblog)

O Exynos não é nada querido em diversos países, incluindo o Brasil. Mesmo que o Galaxy S20 FE e S21 FE sejam bons smartphones, a Samsung opta por dizer apenas que eles são equipados com chips octa-core. E essa aversão não é injusta: a linha Exynos tem um histórico de superaquecimento e queda de desempenho. 

Ciente dos seus problemas, a Samsung vai usar os SoCs Snapdragon enquanto a divisão responsável pelo Exynos trabalhará para corrigir os problemas do chip — lançado a nova versão em alguns anos.  

Curiosamente, o Snapdragon do Galaxy S23 será um modelo “quase próprio”. O Snapdragon 8 Gen 2 usado no S23 será fabricado na Samsung Foundry. Segundo o leaker RGCloudS, esta versão terá um clock de 3,32 GHz. Já o SD 8 Gen 2 “normal”, fabricado pela TSMC e vendido para outras marcas de celulares, terá um clock de 3,2 GHz.

Bateria de 5.000 mAh no Ultra e nova bateria no S23+

Certificado de homologação do Galaxy S23 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Certificado de homologação do Galaxy S23 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Na semana passada, o Tecnoblog divulgou com exclusividade a homologação das baterias da linha Galaxy S23 na Anatel. A bateria do Galaxy S23 Ultra deverá contar com capacidade típica de 5.000 mAh. O equipamento aprovado na Anatel possui capacidade nominal de 4.885 mAh. Essas especificações são iguais às do Galaxy S22 Ultra. 

As novidades na bateria ficam nos modelos S23+ e S23 “básico”. A capacidade nominal da bateria da versão S23+ saltará de 4.370 mAh para 4.565 mAh — no lançamento, a Samsung pode anunciar a capacidade total de 4.700 mAh. Já o modelo S23 teve uma bateria de 3.785 mAh aprovada, o que deve gerar uma capacidade final entre 3.800 mAh e 4.000 mAh.

Galaxy S23 Ultra com câmera de 200 MP e S Pen

O site holandês GalaxyClub divulgou que o Galaxy S23 Ultra estreará uma câmera de 200 MP da Samsung. As fontes do veículo confirmam os rumores ventilados há um bom tempo. E vamos ser sincero, é o que faz sentido. Se tem o sensor em casa e já pode usar, por que não colocar como câmera principal no flagship?

Vale destacar uma coisa: a lente que o Galaxy S23 Ultra usará ainda não foi anunciada. A expectativa é que ela seja a Isocell HP2 e tenha 1 polegada.

As outras câmeras do Galaxy S23 Ultra devem ser as mesmas do Galaxy S22 Ultra: ultrawide de 12 MP com teleobjetiva e periscópica de 10 MP. A expectativa é ver a combinação do sensor principal de 200 MP com o Snapdragon 8 Gen 2.

Possível Galaxy S23 (Imagem: Reprodução/OnLeaks/Digit)
Possível Galaxy S23 (Imagem: Reprodução/OnLeaks/Digit)

Por falar em especificações que não serão alteradas, a homologação das baterias do Galaxy S23 na FCC confirmou que o S23 Ultra continuará com slot para a S Pen. A novidade estreou no Galaxy S22 Ultra e não faria nenhum sentido ser removida para 2023 — ainda mais que a linha Galaxy Note está morta e enterrada.

Dois meses e meio não é tanto tempo assim. Num piscar de olhos, estaremos em fevereiro vendo o Galaxy S23 ser apresentado no Galaxy Unpacked. Até lá, pode ter certeza que mais especificações serão reveladas. Mas o Snapdragon para o mundo inteiro já é, para muitos, a novidade mais importante da linha.

Com informações: The Verge, Gizmochina, SamMobile (1 e 2), GalaxyClub e 9to5Google

Relacionados

Relacionados