Jogos de Xbox sobem para US$ 70 e reforçam vantagem do Game Pass

Microsoft segue outras empresas e aumenta preço de títulos originais para Xbox; Game Pass custa a partir de R$ 29,99 ao mês

Bruno Gall De Blasi
Por

Os títulos originais para Xbox vão ficar mais caros. A partir de 2023, a Microsoft vai aumentar os preços dos jogos do seu estúdio para o videogame para US$ 70 (cerca de R$ 370 em conversão direta). Com o reajuste, o Game Pass se torna ainda mais revelante a quem possui o console da empresa responsável pelo Windows.

Xbox Series S
Xbox Series S (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

As informações foram reveladas pela IGN. Segundo um porta-voz da Microsoft ao site nesta segunda-feira (5), os lançamentos vão ficar mais caros. Isto significa que os valores de estreia vão subir de US$ 60 (por volta de R$ 315) para US$ 70.

A alteração é de aproximadamente 16%. 

Grandes títulos serão impactados pelo aumento. Isto significa que franquias, como Forza Motorsport, Redfall e Starfield, ficarão mais caros na estreia.

Claro, os valores vão variar de país para país. Todavia, com o dólar americano em R$ 5,24 nesta segunda-feira (5), qualquer reajuste pode ser preocupante. Neste caso, a diferença seria de quase R$ 55, sem considerar os impostos e demais taxas.

Mas os proprietários do Xbox Series X e Series S têm uma alternativa: o Game Pass. Afinal, os títulos estarão disponíveis na plataforma “no mesmo dia do lançamento”, conforme o próprio porta-voz da Microsoft lembrou.

Game Pass para PC traz assinatura da EA Play (Imagem: Divulgação/Xbox)
Game Pass para PC traz assinatura da EA Play (Imagem: Divulgação/Xbox)

Com o aumento, Xbox Game Pass fica mais vantajoso

Caso não queira arcar com os aumentos, a saída será optar pelo Game Pass. O serviço de assinatura oferece um catálogo para acessar vários jogos sem custo adicional. Para isto, você só precisa escolher um dos planos a seguir:

  • Para Xbox 360, One e Series S/X: R$ 29,99 ao mês (total de R$ 359,88 em um ano);
  • Para PC: R$ 29,99 ao mês (total de R$ 359,88 em um ano);
  • Game Pass Ultimate: R$ 44,99 ao mês (total de R$ 539,88 em um ano).

Note que há três planos diferentes. Os dois primeiros são mais baratos, porém, mais limitados: você precisa optar pela assinatura no computador ou no videogame.

O Ultimate funciona nas duas plataformas e ainda oferece jogos na nuvem. Além disso, os usuários contam com o Xbox Live Gold. Esta opção e o plano para PC também trazem assinatura da EA Play.

Todos os planos têm uma vantagem em comum: ao assinar o Game Pass, os usuários garantem o acesso aos títulos do Xbox Game Studios no mesmo dia do lançamento

Dependendo da situação, é melhor assinar um dos pacotes do que comprar os títulos com o reajuste. Afinal, além dos lançamentos, você também terá benefícios e outros jogos disponíveis no catálogo graças à assinatura.

Xbox Series S (Imagem: Felipe Vinha/Tecnoblog)
Xbox Series S (Imagem: Felipe Vinha/Tecnoblog)

Microsoft não foi a única a subir os preços

O cenário global é de incerteza. Para se ter ideia, em agosto, a Sony deixou o PlayStation 5 mais caro em diversos países devido à alta do dólar e inflação. A Microsoft não chegou a reajustar o preço do Xbox Series X|S até o momento.

As produtoras também estão sofrendo o impacto dos tempos. Outras empresas aumentaram os preços dos seus títulos para US$ 70, como a Sony, Ubisoft e Take-Two Interactive. Agora foi a vez do Xbox Game Studios.

Ainda não se sabe se o movimento irá atingir outros produtos da Microsoft. Especialmente ao considerar que o último reajuste do Xbox Game Pass e Live Goldfoi aplicado há cerca de dois anos. 

Naquela época, o dólar americano custava R$ 5,58.

Com informações: IGN

Relacionados

Relacionados