Google vai usar inteligência artificial para decifrar as receitas médicas

Ainda sem data de lançamento, recurso do Google Lens deverá facilitar a compreensão das receitas médicas oferecidas pelos profissionais

Ricardo Syozi
Por

Durante a conferência anual do Google na Índia, que ocorreu na segunda-feira (19), a empresa anunciou um recurso que promete ser bastante útil. Através do Google Lens, os usuários poderão “decifrar” as receitas médicas, famosas por trazerem letras bastantes difíceis de se compreender. No entanto, ainda não há uma data para a novidade chegar para o público.

receita médica
Mulher adquirindo remédio (Imagem: Unsplash / National Cancer Institute)

Para quem pega uma receita médica e não consegue entender nada do que está escrito ali, a nova função do Google Lens será de enorme ajuda.

O recurso permitirá que o usuário tire uma foto do papel ou realize o upload diretamente de sua biblioteca de imagens do dispositivo móvel. Em seguida, o app vai detectar os principais pontos do texto, “traduzindo” quais são os remédios receitados pelo médico. A ferramenta faz uso de inteligência artificial baseada em um trabalho conjunto entre o Google e farmacêuticos profissionais.

Segundo uma declaração divulgada pela empresa de buscas:

Isso atuará como uma tecnologia assistiva para digitalizar documentos médicos manuscritos, aumentando a participação de seres humanos no processo, como os farmacêuticos. No entanto, nenhuma decisão será tomada exclusivamente com base no resultado fornecido por essa tecnologia.

A companhia ainda não divulgou informações sobre quando a novidade será liberada, mas com certeza será útil para o dia a dia de muitas pessoas.

Google Lens receita médica
Executivo apresentando o recurso (Imagem: Google)

Google não é pioneiro

É comum ver doutores escrevendo as receitas com uma certa pressa, resultando em letras complicadas de entender. Normalmente, é só levar o papel na farmácia mais próxima que um profissional conseguirá entender o conteúdo sem muita dificuldade.

Porém, há empresas que lançaram opções similares ao que o Google apresentou na Índia.

Um exemplo é o app “Decifrando a prescrição médica“, lançado pelo Fyostudiodr. O aplicativo promete reconhecer e decifrar as receitas, mas acaba usando a gamificação para chegar no resultado. Isso quer dizer que se a pessoa estiver com pressa, ele não é o mais indicado.

Outra opção disponível é o “Prescription Recognition“, do TVTGroup. Um de seus destaques é a velocidade na qual lê as receitas, mesmo que nem sempre acerte tudo com exatidão. Entretanto, o português brasileiro não faz parte do conteúdo, dificultando a compreensão do povo em nosso país.

De qualquer forma, se a gigante de buscas conseguir oferecer um produto ágil e simples de usar no Google Lens, então é possível que ela se destaque novamente no quesito software. Ainda mais se conseguir adicionar muitas línguas diferentes no lançamento.

Com informações: Tech Crunch.

Relacionados

Relacionados