Copia, mas faz diferente: Riot processa NetEase por plágio de Valorant

Além do Brasil, outros países também receberam a ação judicial; Riot Games afirma que partes substanciais de seu jogo foram amplamente copiadas

Ricardo Syozi
Por

No fim de setembro de 2022, a Riot Games abriu um processo contra a NetEase sob a acusação de plágio. No caso, a dona de franquias como League of Legends e Teamfight Tactics aponta grandes similaridades entre seu título Valorant e o game para dispositivos móveis Hyper Front. A companhia americana quer a interrupção de qualquer uso do jogo por parte da empresa chinesa. O valor da ação é de R$ 500 mil.

Valorant (Imagem: Divulgação / Riot Games)
Valorant (Imagem: Divulgação / Riot Games)

A petição inicial no Brasil ocorreu no dia 22 de setembro a partir do escritório Gusmão & Labrunie, especialistas em casos de propriedade intelectual.

De acordo com os autos do processo:

Trata-se de ação de rito comum ajuizada por RIOT GAMES SERVIÇOS LTDA. E OUTROS contra NETEASE INTERACTIVE ENTERTAINMENT PTE LTD., visando a abstenção de produzir, distribuir, disponibilizar, explorar e/ou divulgar o jogo HYPER FRONT, ou qualquer outro que se associe ou se confunda com o jogo VALORANT, em virtude da ocorrência de plágio.

Como programas de computador também são incluídos à tutela da propriedade intelectual na Lei nº 9.609/98, as Varas Cíveis foram definidas para tratar do assunto.

É importante destacar que a Riot Games também entrou com o mesmo processo no Reino Unido, Alemanha e Singapura. Segundo a desenvolvedora americana, “partes substanciais” foram copiadas pela NetEase, como estilos de personagens, mapas, armas e, até mesmo, status específicos dos heróis.

Hyper Front e Valorant
Hyper Front e Valorant (Imagem: NetEase e Riot Games)

Semelhanças são aparentes

Ao conferir um pouco da jogabilidade do título de FPS da marca chinesa, não fica muito difícil entender as similaridades com o jogo da Riot.

Vale lembrar que Valorant foi lançado em junho de 2020, enquanto Hyper Front chegou às lojas digitais em janeiro de 2022.

Em ambos os casos, dois times de cinco jogadores se enfrentam em disputas de tiros e habilidades especiais. Há os chamados “heróis”, personagens únicos que possuem suas próprias características e utilidade. No entanto, esse tipo de atributo também é similar em outros jogos, como Overwatch da Activision Blizzard, por exemplo.

Além disso, o estilo artístico dos games se parece bastante, desde a HUD ao design dos personagens e cenários. Assim, qualquer desavisado poderia acreditar que Hyper Front é uma versão mobile de Valorant. Entretanto, não podemos esquecer que a Riot planeja lançar seu título para celulares futuramente.

O usuário do YouTube, Guseven, fez um vídeo de comparação entre os games. Você pode conferi-lo logo abaixo:

YouTube video

Hyper Front não tem a mesma popularidade

Com uma rápida busca na internet, é possível descobrir que Valorant tem uma base de jogadores bastante forte e ativa. Em dezembro de 2022, o hero shooter ultrapassou a marca de 14 milhões de usuários em sua história, de acordo com o site de rastreamento Tracker.

Por outro lado, Hyper Front tem mais de 1 milhão de downloads em sua página da Play Store. Sua popularidade não é tão grande, pois os vídeos de conteúdo oficiais não chegam a 10 mil de visualizações no YouTube. Para efeito de comparação, o canal oficial do game da Riot tem, normalmente, mais de 1 milhão de views em suas produções.

Por fim, possivelmente por causa do processo em andamento, a versão padrão de Hyper Front foi retirada da loja digital do Google. Para quem ainda quer encontrar o título, sua versão Lite ainda está disponível.

Com informações: Polygon.

Relacionados

Relacionados