Google Play deixará crianças pedirem aos pais para comprar itens no Android

Mesmo sem um método de pagamento familiar registrado, criança poderá solicitar a aprovação de uma compra para seu responsável

Paula Alves
Por

Agora ficou mais fácil para o seu filho pedir aquele jogo mobile no qual ele estava de olho. Nesta terça-feira (20), o Google anunciou uma nova ferramenta do Google Play desenvolvida para grupos familiares. Chamada de “pedido de compra”, ela permite que menores de 13 anos solicitem a aprovação de uma compra – seja ela um game ou qualquer outro tipo de aplicativo – diretamente ao gerente do grupo.

App da Google Play Store no Android (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
App da Google Play Store no Android (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Quem é usuário do Android e faz parte de um grupo familiar do Google sabe que, já há algum tempo, o Google Play permite que o gerente da família cadastre um método de pagamento compartilhado com todos os membros daquele círculo.

Crianças, inclusive, também podem usufruir desse recurso, com a diferença de que suas compras não são debitadas automaticamente, precisando ser aprovadas ou não pelo responsável da família.

A nova ferramenta do Google Play, no entanto, foi desenvolvida para grupos familiares da plataforma que não tem esse método de pagamento familiar ativado. Nesses casos, mesmo sem o registro de um cartão de crédito ou débito compartilhado, uma criança cadastrada no grupo poderá pedir ao gerente da família para realizar uma compra.

Solicitação não precisa ser respondida na hora

Na prática, o pedido de compra do Google Play irá funcionar da seguinte maneira: ao se interessar por um jogo ou aplicativo da loja, a criança irá visualizar em seu dispositivo a opção de pedir aos pais que realizem a compra. Ela pode então enviar a solicitação, que chegará instantaneamente no celular do responsável.

Caso esteja ocupado, o gerente da família não precisa responder ao pedido no mesmo momento, podendo checá-lo mais tarde, em uma fila de solicitações de aprovação.

Se decidir por realizar a compra, o adulto pode usar qualquer um de seus métodos de pagamentos pessoais já cadastrados, incluindo também cartões-presentes do Google Play.

Google Play deixará crianças pedirem aos pais para comprar itens no Android / Google / Divulgação
Pedido de compra no Google Play (Imagem: Divulgação / Google)

Ao final do processo, se desejar, ele pode checar a operação em seu histórico de compras, já que todas as transações advindas dessas solicitações também ficam registradas na lista.

Google Play possui aba específica para crianças

Vale lembrar que, desde o ano passado, a versão brasileira do Google Play possui uma aba específicas para crianças em sua plataforma. Composta por jogos e apps aprovados por professores, a seção é dividida por filtros de idades, com opções para crianças de até cinco anos, dos seis aos oito anos e dos nove aos doze anos.

A ideia é facilitar o trabalho dos pais na hora de escolher quais conteúdos são indicados ou não para o seu filho, oferecendo opções saudáveis e educativas de jogos e desenhos.

No entanto, sabendo das dificuldades desse controle sobre tudo o que a criança consome no celular, o Google Play também permite que os pais limitem o acesso das crianças a determinados conteúdos.

Por meio do “controle dos pais”, os responsáveis podem restringir determinados downloads ou compras na loja com base na classificação etária do jogo ou aplicativo.

Com informações: Google e Android Police

Relacionados

Relacionados