Galaxy S23, S23+ e S23 Ultra já têm data para serem apresentados ao público

Samsung deve anunciar a família Galaxy S23 globalmente no começo de 2023; celulares terão ficha técnica avançada com baterias de até 5.000 mAh

Bruno Gall De Blasi
Por

Tradicionalmente, a Samsung revela os novos celulares da família Galaxy S no começo do ano. A empresa não pretende mudar o esquema dessa vez: o Galaxy S23 tende a vir ao mundo no primeiro trimestre de 2023. A expectativa é de que três smartphones com câmeras de até 200 megapixels sejam apresentados no evento.

Possível Galaxy S23 Ultra (Imagem: Reprodução/SmartPrix/OnLeaks)
Possível Galaxy S23 Ultra (Imagem: Reprodução/SmartPrix/OnLeaks)

Tudo começou no Twitter. Na quarta-feira (21), Ice Universe tweetou: “1º de fevereiro”. Logo em seguida, ele explicou o que estava marcado para a data: Galaxy Unpacked, o evento de lançamento de produtos da linha Galaxy S.

A publicação atraiu outros leakers conhecidos. Em resposta, Steve Hemmerstoffer, também conhecido como OnLeaks, publicou um GIF com a legenda “é verdade”. Depois, Max Jambor afirmou: “2 de fevereiro para boa parte do mundo”.

Hemmerstoffer voltou com outro GIF: “eles estão certos”.

A data ainda precisa ser confirmada. Todavia, a informação bate com os últimos eventos de lançamento da Samsung, que quase sempre destinou fevereiro para a estreia dos seus modelos premium.

Por outro lado, isto não significa que os telefones chegarão ao Brasil na mesma semana. Mas isto não é problema, pois a Samsung não demora muito para apresentá-los ao público brasileiro.

Sendo assim, a estreia nacional do Galaxy S23 também deve acontecer no primeiro trimestre de 2023.

Possível Galaxy S23 (Imagem: Reprodução/OnLeaks/Digit)
Possível Galaxy S23 (Imagem: Reprodução/OnLeaks/Digit)

Tradição pode ser mantida em 2023

O primeiro trimestre sempre foi movimentado no dia a dia da Samsung. Afinal, os principais modelos da companhia são lançados neste período, antes da estreia dos grandes campeões de vendas da família Galaxy A, como o Galaxy A53.

Todo esse empenho resultou em uma periodicidade já considerada tradicional no mercado de tecnologia.

Para se ter ideia, em 2019, a Samsung revelou o Galaxy S10 ao mundo em 20 de fevereiro. Na época, três celulares foram apresentados: Galaxy S10e, S10 e S10+. Logo depois, a empresa lançou os modelos no Brasil.

No ano seguinte, a fabricante jogou os holofotes sobre o Galaxy S20 em 11 de fevereiro. Novamente, três modelos foram anunciados. A marca sul-coreana, no entanto, deixou a edição “e” de lado e estreou a variante Ultra neste momento.

O Galaxy S20 FE chegou alguns meses depois, em agosto de 2020.

A exceção aconteceu apenas em 2021.

No ano passado, a Samsung antecipou a estreia da família Galaxy S21. Note que foi a partir deste momento em que a variante Ultra começou a tomar o lugar do Galaxy Note. No entanto, na geração anterior, esta assimilação não aconteceu por completo.

Vale lembrar que essa pressa toda não afetou o cronograma do Galaxy S21 FE, que só veio ao mundo em janeiro de 2022.

Em 2022, a Samsung voltou a apresentar os celulares da linha em fevereiro. No dia 9 daquele mês, aconteceu o lançamento do Galaxy S22, com foco no Galaxy S22 Ultra, que realmente assumiu a personalidade do Galaxy Note.

Antes, a Samsung aproveitava a MWC, no primeiro trimestre de cada ano, para revelar seus produtos, como aconteceu com o Galaxy S9.

Possível Galaxy S23 Ultra (Imagem: Reprodução/SmartPrix/OnLeaks)
Possível Galaxy S23 Ultra (Imagem: Reprodução/SmartPrix/OnLeaks)

O que esperar do Galaxy S23?

As três variantes da família Galaxy S23 tendem a trazer o que há de mais poderoso no mercado.

Comecemos pela presença de uma edição especial do Snapdragon 8 Gen 2, o novo processador da Qualcomm. Mas, diferentemente dos últimos anos, a nova geração tende a não trazer uma variante com processador Exynos.

Conforme revelado com exclusividade pelo Tecnoblogos modelos terão bateria de até 5.000 mAh.

O conjunto fotográfico é outro destaque. Espera-se que o Galaxy S23 Ultra conte com uma câmera de 200 megapixels, colocando-o ao lado do Motorola Edge 30 Ultra e do Xiaomi 12T Pro. Os demais modelos tendem a continuar com conjunto triplo.

Seguindo os passos do iPhone, a Samsung também pensa em trabalhar com uma conexão via satélite.

Os celulares já foram homologados pela Anatel.

Com informações: Android Authority e Android Police

Relacionados

Relacionados