Claro TV+ lança app para assistir IPTV pelo Amazon Fire TV Stick

Serviço de streaming da Claro tem grade com mais de 100 canais; além de Fire TV Stick, Claro TV+ está disponível para Android TV e smart TVs da Samsung e LG

Lucas Braga
Por

Uma boa novidade para proprietários do Amazon Fire TV Stick: a Claro anunciou a chegada do app Claro TV+ para o dispositivo. O serviço permite assistir TV paga ao vivo pela internet, sem necessidade de cabos, antenas parabólicas ou instalação com um técnico.

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O Claro TV+ pode ser contratado pelo preço mensal de R$ 59,90, e inclui acesso a mais de 100 canais ao vivo. A assinatura permite até duas transmissões simultâneas, e é possível pausar a programação ou assistir conteúdos já exibidos.

O app também pode ser aproveitado por usuários do serviço tradicional de TV paga da Claro, uma vez que o acesso à plataforma Claro TV+ está incluído na assinatura. Isso pode ser útil para quem tem mais de uma televisão em casa, mas não possui ponto adicional, por exemplo.

Além do Amazon Fire TV Stick, o app Claro TV+ também está disponível para smart TVs da Samsung ou LG, além do sistema operacional Android TV, que inclui TV Box e televisores de outras fabricantes. O serviço também pode ser acessado pelo celular Android ou iOS — com suporte a Chromecast —, além do navegador da web.

Claro TV+ demorou a lançar apps para plataformas de TV

A Claro flerta com TV pela internet desde o início de 2021, quando lançou o Claro Box. O serviço era bom, mas exigia a utilização de um decodificador próprio. Até existia um app, mas somente para celulares e tablets, deixando de lado as TVs — justamente o equipamento mais adequado para assistir… televisão.

Aplicativo Claro TV+ em uma TV da Samsung
Aplicativo Claro TV+ em uma TV da Samsung (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

O primeiro aplicativo adaptado para TVs só chegou em abril de 2022, quando a Claro lançou o antigo NOW para smart TVs da LG. A expansão continuou lenta: o Claro TV+ chegou ao Android TV somente em agosto, e as TVs da Samsung passaram a ser contempladas a partir de outubro.

Enquanto isso, a Claro comia poeira de outros concorrentes que disponibilizavam aplicativos mais plataformas — é o caso do Vivo Play e DGO (antigo DirecTV Go). Parece que finalmente a ficha caiu.

Relacionados

Relacionados