JBL quer que você vá à academia com os novos fones de ouvido dela

Além dos headphones sem fio, companhia americana apresentou na CES aparelhos inéditos nas linhas de soundbar e caixas de som

Ricardo Syozi
Por

A JBL anunciou novidades de sua linha de aparelhos sonoros na CES 2023. Um dos principais destaques é o Endurance Peak 3, novo headphone sem fio que promete entregar a maior resistência entre a categoria. Com uma bateria robusta e recursos para garantir maior imersão, o par de gadgets chegará em fevereiro.

JBL Endurance Peak 3 (Imagem: Divulgação / JBL)
JBL Endurance Peak 3 (Imagem: Divulgação / JBL)

Primeiramente, vale apontar que o novo headphone da empresa americana virá com certificação IP68. Isso quer dizer que ele terá o máximo de proteção contra água e poeira. A companhia afirma que os gadgets resistem a água doce ou salgada por 30 minutos de uso ativo.

Sendo assim, o maior foco do Endurance Peak 3 acaba sendo as pessoas que praticam exercícios físicos com grande frequência. Falando nisso, o recurso Ambient Aware permite uma imersão maior durante as atividades, tanto na academia quanto em outros locais. Outra ferramenta interessante é o TalkThru, que promete facilitar as conversas através do fone.

Além disso, a bateria interna deverá durar por 50 horas, mas não se engane, serão 10 horas nos fones + 40 horas no estojo.

Conforme o comunicado da companhia, o headphone usa um driver dinâmico de 10 mm e quatro microfones para ligações. Os fones de ouvido vão ser lançados no dia 19 de fevereiro e vão custar R$ 849,00.

Estojo do JBL Endurance Peak 3 (Imagem: Divulgação / JBL)
Estojo do JBL Endurance Peak 3 (Imagem: Divulgação / JBL)

Empresa oferece cinco novas opções de soundbars

A marca americana decidiu que precisava anunciar cinco modelos inéditos de sua linha de soundbar na CES 2023. Com isso, foram apresentados o JBL Bar em versões 1300X, 1000, 700, 500 e 300. É claro que cada um traz suas próprias características e servem para diferentes tipos de pessoas.

Começando pela mais potente (e mais cara), a 1300X terá DTS:X som surround 3D, 6 drivers voltados para cima, um subwoofer de 12 pol. sem fio e Dolby Atmo de 15 canais. Ela custará a bagatela de US$ 1.699,95 e terá o lançamento em fevereiro.

Logo abaixo está a JBL Bar 1000. Sua diferença para o topo de linha é a quantidade de drivers (4), um subwoofer menor (10 pol. sem fio) e 7.1.4 canais de áudio surround. No Brasil, ela já foi homologada pela Anatel e pode ser encontrada a partir de R$ 7.999.

Já as outras opções são mais baratas e oferecem menos do que as duas principais. Por exemplo, nenhuma delas entrega DTS:X som surround 3D, mas têm o subwoofer da mesma qualidade do modelo 1000. A JBL Bar 500 recebeu a homologação no Brasil. No entanto, tanto as versões 700 quanto a 300 não chegarão para os brasileiros.

JBL Bar 1300X (Imagem: Divulgação / JBL)
JBL Bar 1300X (Imagem: Divulgação / JBL)

Caixas de som portáteis apostam na ecologia

Para encerrar, a JBL anunciou que decidiu seguir por um caminho mais ecológico em dois modelos de caixas de som portáteis. Não apenas a JBL Go 3 Eco, mas também a JBL Clip 4 Eco será uma alternativa para quem quer curtir músicas sem prejudicar o meio ambiente.

As duas versões têm uma embalagem eco-friendly. 90% da estrutura mecânica é feita de plástico reciclado, enquanto que o revestimento das caixas de som é 100% feito com tecido reciclado.

A Go 3 Eco foi feita para caber no bolso, sendo a opção “mais compacta da categoria”, segundo a marca americana. Ela tem cinco horas de reprodução e certificação IP67, o que garante proteção contra poeira e água.

Já a Clip 4 Eco promete cerca de 10 horas de áudio antes de exigir uma recarga. Sua proteção é a mesma do modelo anterior. Ambas fazem uso de Bluetooth 5.1.

Relacionados

Relacionados