Streaming pirata de futebol abandona o campo após ações da justiça dos EUA

SoccerStreams não teve fôlego para segurar disputa contra governo americano, iniciada durante a Copa do Mundo de 2022

Felipe Freitas
Por

O governo americano encerrou um site streaming pirata de esporte sem precisar de uma decisão judicial. Nas últimas horas, o SoccerStreams, popular site de transmissão de futebol, comunicou em seu site que está encerrando as atividades e não voltará. Desde setembro, a justiça americana está bloqueando diversos sites do ramo.

(Imagem: Victor Pádua/Tecnoblog)
SoccerStreams encerrou atividades (Imagem: Victor Pádua/Tecnoblog)

Porém, o caso do SoccerStreams indica que a equipe responsável pelo site desistiu — e reforça no comunicado que futuros sites que usem o nome não são criação dos mesmos administradores. Quando o governo americano iniciou suas ações contra streamings piratas de futebol, alguns sites retomaram as atividades com URLs reservas.

SoccerStreams é encerrado prevendo cansaço

A mensagem de despedida da equipe do SoccerStreams é bem singela. Agradece os usuários e não afirma se retornará no futuro. Os responsáveis não explicam o motivo, porém fica fácil compreender que eles não teriam fôlego de continuar a briga de gato e rato. A Copa do Mundo, fator que iniciou a ação da justiça americana, acabou: mas a “guerra” antipirataria não — essa dura mais que quatro minutos.

Domínios piratas costumam reaparecer em outras URLs quando são bloqueadas — tanto que boa parte dos alvos iniciais retomaram logo depois da primeira investida americana. É quase um ciclo sem fim (tal qual aprendemos em “O Rei Leão”). Todavia, após o fim da Copa do Mundo no Qatar, o governo dos Estados Unidos continuou derrubando os sites piratas — afinal, o país será uma das sedes de 2026.

Mensagem de despedida do SoccerStreams (Imagem: Reprodução/TorrentFreak)
Mensagem de despedida do SoccerStreams (Imagem: Reprodução/TorrentFreak)

Criado por usuários de uma extinta comunidade do Reddit, batizada de… SoccerStreams, o streaming também era alvo de ações da UEFA, a Federação de Futebol da Europa. Essa soma de rivais, fortemente influenciada pela “motivação” americana em valorizar os direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2026, estenderia a dor de cabeça de mudança de URLs para o SoccerStreams.

Já prevendo o cansaço que seria manter o projeto, a equipe pode ter optado por desistir de vez do SoccerStreams. Para os fãs do site, alternativas não faltarão — o único problema será aprender as novas URLs periodicamente.

Quem sabe, depois da final da Copa do Mundo de 2026, a situação fique mais fácil para os streamings pirata de futebol. Enquanto esse dia não chega, a garantia é de bola disputada.

Com informações: TorrentFreak

Relacionados

Relacionados