Infinix Note 12 com câmera tripla e bateria de 5.000 mAh passa na Anatel

Anatel libera Infinix Note 12 para ser comercializado no Brasil; celular traz processador MediaTek na ficha técnica intermediária

Bruno Gall De Blasi Everton Favretto
Por e

Anatel autorizou a venda de mais um celular da Infinix. Homologado a pedido da Positivo nesta quarta-feira (4), o Infinix Note 12 já pode alcançar as prateleiras de lojas brasileiras. Entre os destaques do modelo, estão a câmera tripla de 50 MP e bateria de 5.000 mAh com recarga de 33 W na ficha técnica intermediária.

Infinix Note 12 (Imagem: Divulgação/Infinix)
Infinix Note 12 (Imagem: Divulgação/Infinix)

O smartphone deu as caras no sistema da Agência Nacional de Telecomunicações sob o modelo X670. O documento também informa que o celular será levado ao mercado nacional com o seguinte nome comercial: Note 12.

Ou seja, estamos falando do Infinix Note 12 G96 que não possui suporte ao 5G. O smartphone, cabe ressaltar, já está à venda no exterior.

O certificado de conformidade técnica ainda aponta unidades fabris nas seguintes localizações: Curitiba (PR), Ilhéus (BA) e Manaus (AM) em plantas da Positivo. A lista também traz uma fábrica em Shenzhen, na China.

O celular será vendido com o carregador na caixa, possivelmente com saída de 33 watts.

Infinix Note 12 (Imagem: Divulgação/Infinix)
Infinix Note 12 (Imagem: Divulgação/Infinix)

Infinix Note 12 tem câmera tripla de 50 MP

O celular é uma opção mais equilibrada do Infinix Note 12 Pro homologado no começo de dezembro.

A lista de destaques é encabeçada pela câmera tripla com sensor principal de 50 megapixels. Na parte da frente, os usuários contam com componente de 16 megapixels para tirar selfies.

Segundo a Infinix, o filma em resolução 2K a 30 quadros por segundo (qps).

Intermediária, a ficha técnica traz o processador MediaTek Helio G96 e a memória RAM de 8 GB. Para guardar apps, fotos, músicas, vídeos e afins, o celular traz edições com 128 GB e 256 GB.

Além disso, a memória pode ser expandida de 8 GB para 13 GB através da RAM virtual, auxiliando na multitarefa do smartphone. O telefone também traz entrada para cartões de memória de até 2 TB.

A bateria de 5.000 mAh oferece recarga de 33 watts pelo conector USB-C. O smartphone também sai da caixa com Android 12 de fábrica e possui porta dedicada para fones de ouvido (3,5 mm).

Não há informações sobre atualização para o Android 13.

Resta falar da tela AMOLED de 6,7 polegadas com resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels). A fabricante não informou a taxa de atualização do painel.

Apesar da homologação da Anatel, a data e o preço de lançamento do Infinix Note 12 ainda são um mistério.

Certificado de homologação do Infinix Note 12 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Certificado de homologação do Infinix Note 12 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Everton Favretto

Assistente de Conteúdo

Everton Favretto é bacharel em Tecnologias Digitais pela UCS e caça homologações da Anatel para o Tecnoblog. Gosta de telefones (velhos e novos) e está sempre pronto para falar de aviões. Consegue identificar um modelo de 737 olhando para a fotografia dele e tem um Raspberry Pi Zero W na sacada só para rastrear as aeronaves por ADS-B.

Relacionados

Relacionados