De casa nova, SAG Awards passa a ser transmitido globalmente pela Netflix

Evento deste ano será veiculado pelo canal de YouTube da plataforma, mas, a partir de 2024, transmissão acontecerá no próprio serviço de streaming

Paula Alves
Por

Nesta quarta-feira (11), a Netflix anunciou uma parceria plurianual com o Screen Actors Guild Awards, premiação popularmente conhecida como SAG Awards. A partir de 2024, o evento passará a ser exibido ao vivo mundialmente pela plataforma de streaming, enquanto, neste ano, a transmissão acontecerá direto do canal do YouTube do serviço.

Netflix
Netflix (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

A novidade foi anunciada pouco antes dos indicados à premiação de 2023 serem revelados ao público. Lista essa que contou com títulos como “Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo” e “Os Banshees de Inisherin”.

Realizado desde 1995 com o intuito de premiar desempenhos brilhantes do cinema e da televisão, o SAG Awards deste ano acontecerá no domingo, 26 de fevereiro, no Fairmont Century Plaza, em Los Angeles.

Com transmissão a partir das 22h, ele será veiculado ao vivo e integralmente pelo canal de YouTube da Netflix, mas ainda não há informações se a plataforma disponibilizará tradução simultânea para outros idiomas.

A partir de 2024, no entanto, a transmissão anual do SAG Awards ganha casa nova e passa a funcionar diretamente pela plataforma de streaming. Um modelo de transmissão ao vivo que não é comum para o serviço, mas que ganhará o seu primeiro “teste” no próximo dia 4 de março, quando a Netflix veiculará em tempo real o especial de stand-up “Chris Rock: Selective Outrage“.

“À medida que começamos a explorar a transmissão ao vivo na Netflix, esperamos fazer parceria com a SAG-AFTRA para elevar e expandir esta cerimônia especial como um evento global ao vivo em 2024 e nos próximos anos”, explica Bela Bajaria, chefe de TV global da Netflix.

SAG Awards foi transmitido pela TNT por 25 anos

Até o ano passado, o Screen Actors Guild Award, um dos eventos mais importantes da indústria cinematográfica e termômetro do Oscar, tinha seus direitos de transmissão vendidos ao canal pago TNT.

Casa da premiação desde 1998, a TNT passou a dividir seus direitos de transmissão com a TBS, rede do mesmo conglomerado, ainda em 2007 – o que levou a uma grande associação do evento com o nome de ambos os canais.

Apesar da recente notícia sobre a parceria do SAG com a Netflix, desde maio do ano passado, as redes já haviam informado publicamente que não tinham renovado seu contrato com a celebração. A declaração aconteceu pouco tempo após a Discovery Inc. se unir à WarnerMedia, e o megaconglomerado dar início a um projeto de corte de gastos em alguns de seus setores.

Com informações: Netflix e TVLine

Relacionados

Relacionados